Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
SociedadeSociedade

Por 500 euros pode ser Português

Para tal basta apresentar certificado como são descendentes de Judeus Sefarditas. Os pedidos chegam às centenas e são expedidos pelos centros no Porto e em Lisboa. A lei prevê a concessão da nacionalidade portuguesa aos descendentes dos judeus sefarditas expulsos de Portugal, durante o reinado de D. Manuel I ,por não se terem baptizado.

900 Judeus Sefarditas pretendem requerir a nacionalidade portuguesa,isto, mais de cinco séculos depois de terem abandonado o país. Pessoas de todo o mundo vêm com bons olhos esta oportunidade,pois vão poder montar negócios no país.

Os processos começaram a ser realizados em março deste ano e a lei foi aprovada em conselho de ministro no mês deAR_por500eurospodeserportugues_1 fevereiro. O secretário-geral da rede de judiarias em Portugal considerou a aprovação desta lei como um “momento histórico”. A rede tem sede em Belmonte, região do país com a comunidade mais antiga.

De 15 milhões de judeus que existem espalhados por todo o mundo, 20% têm origem na península ibérica.

Uma petição pública, que pedia a restituição da nacionalidade portuguesa aos descendentes dos judeus ,chegou às mãos dos deputados da assembleia da república.Em 1996, a assembleia da república revogou o decreto-de-lei aprovado por D. Manuel I, que acabou por expulsar todos os judeus não convertidos ao cristianismo.

O secretário-geral, Jorge Patrão, acha que esta foi mais uma medida para tentar redimir os erros do passado.

O artigo número seis da lei da nacionalidade permite que se faça este requerimento. Depois de concedida, estes podem circular livremente por todo o Espaço Schengen, que atualmente abrange 26 países europeus. A nível extra-comunitário, a posse de passaporte português dispensa visto de entrada em quase 200 países.

Os Judeus Sefarditas habitavam na Península Ibérica mesmo antes da formação dos reinos de Portugal de Espanha. Depois de expulsos da Península ,estes refugiaram-se em países como a Holanda, Reino Unido, ou a Turquia e tinham um dialecto próprio, o judaico-português.

AR_por500eurospodeserportugues_2

Apesar das perseguições e do afastamento do seu território ancestral, muitos judeus sefarditas de origem portuguesa e os seus descendentes mantiveram a língua portuguesa, os ritusis tradicionais do antigo culto judaico em Portugal e conservaram ,ao longo de gerações, os seus apelidos de família. Alguns dos descendentes dos Judeus Sefarditas mais conhecidos são: Jorge Sampaio ( ex. presidente da república portuguesa), Dom Isaac Abravanel ( filosofo e financista português) e Benjamim Cardoso ( Juiz do Supremo Tribunal dos Estados Unidos da América).

 

Tags
Show More

Andreia Rodrigues

Fui para jornalismo pois sempre me interessou o que se está a passar no mundo e gostaria de fazer parte dessas mudanças. Sou comunicativa e uma amante das artes. Na escrita sinto que ganho assas para viver outras vidas e penso que é um grande complemento ao jornalismo. A criatividade é a minha principal faceta e a vontade de trabalhar e aprender cada vez mais a gasolina que me move em busca do meu lugar ao sol no mundo da comunicação social.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Check Also

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: