Bem-EstarLifestyle

Pensar Demais

Se olharmos à nossa volta, estamos rodeados de informação, estímulos e, muitas vezes, sujeitos a pressão. Consequentemente, são cada vez mais as pessoas que sofrem por antecipação e que pensam demais, seja sobre o passado ou futuro.

São várias as situações e circunstâncias que nos levam a criar demasiados pensamentos desnecessários, e até excessivos. De facto, o que pode começar por um pequeno pensamento, acaba, muitas vezes, por se transformar em algo muito mais poderoso na nossa cabeça. Aqui poderão surgir ideias que, devido à persistência com que pensamos nelas e à maneira como estamos envolvidos no assunto, parecem corresponder a uma “ameaça” real. Contudo, acabamos por perceber que estamos simplesmente a criar problemas que nunca existiram.

Pensar demais afeta-nos ainda quando olhamos constantemente para o passado ou para o futuro. Quando nos arrependemos por termos agido ou falado de uma determinada maneira, ou mesmo por não o termos feito quando devíamos, por termos deixado escapar oportunidades, ou por não aproveitarmos melhor os momentos que passaram. Ocasionalmente, olhamos para esse passado tantas vezes, que acabamos por ter noções erradas do mesmo, acrescentando pormenores que foram criados por nós ou bastante modificados, uma vez que com o tempo e as circunstâncias reais já passadas, tudo parece diferente do que efetivamente foi.

Se por outro lado, formos mentes ansiosas com o que o futuro nos reserva, estamos constantemente a pensar nas várias consequências possíveis para os nossos atos, em tudo o que pode acontecer, sendo que, muitas vezes, olhamos para o pior caso possível, sofrendo por antecipação. Pode até ser algo bastante improvável, mas, por termos pensado tanto nisso, parece plausível na nossa mente.

Com isto tudo, não significa que devemos deixar de pensar nem ponderar antes de agirmos. Podemos é fazê-lo de uma forma mais calma e interessante, evitando querer controlar tudo o que se passa à nossa volta. Como afirma Augusto Cury: “Pensar é bom, pensar com lucidez é ótimo, porém pensar demais é uma bomba contra a nossa saúde psíquica, o prazer de viver e a criatividade”.

No passado, encontramos lições de vida e no futuro objetivos e sonhos a concretizar. E isso é essencial nas nossas vidas. No entanto, os minutos continuam a passar. Assim, estar presente no momento em que nos encontramos é fundamental. Ter uma consciência plena “combate o stress, melhora a concentração e promove uma mudança de perspetiva. Ser mindful significa estar atento ao presente, às suas sensações e emoções, sem questionar o passado ou o futuro” 1

A verdade é que a nossa mente é fantástica. Se acreditamos no que pensamos como se fosse verdade, talvez seja interessante enchermos a nossa vida com mais pessoas e pensamentos positivos, assim como momentos mais presentes, em que somos capazes de apreciar o que nos rodeia, ser mentalmente saudável e viver uma vida com mais felicidade.

1 – Revista Lusíadas (inverno 2016)
Tags
Show More

Beatriz Guerra

Apaixonada por escrever, ler e viajar. Adoro ouvir histórias de vida e histórias de sucesso. Interesso-me, igualmente, por temas como: bem-estar e estilos de vida, desenvolvimento pessoal, viagens, cultura, idiomas e sociedade.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: