CulturaMúsica

O Instrumento Musical conhecido por Voz

Intrigado com o título deste artigo? Pois bem, é verdade. A voz é mesmo um instrumento musical, único e natural, dado que nascemos com ele. À medida que o homem evoluiu, foram sendo feitas várias descobertas sobre o corpo humano, sendo uma delas a voz. No início, assim como os símios, o homem usava a sua voz apenas para a comunicação, até descobrir que podia fazer mais coisas, desde imitar os sons da natureza, a desenvolver o canto.

Passaram largos séculos até que se começou a tratar da voz como instrumento musical e a aparecerem as primeiras composições musicais para voz. Nasceram, então, as várias denominações das vozes masculinas e femininas e as suas diferenças, tendo também elas evoluído e ganho mais nomes específicos, dependendo da sua extensão mais aguda, ou mais grave. Assim, temos, nas vozes femininas, o Soprano, o Mezzo-Soprano e o Contralto, sendo que o Soprano é a voz mais aguda e o Contralto a voz mais grave. Já nas vozes masculinas temos, também por ordem da mais aguda para a mais grave, o Tenor, o Barítono e o Baixo.

Como referi anteriormente, o conhecimento das vozes e as suas evoluções mereceram mais e novos nomes, no entanto, os que foram referidos são a base e nunca mudaram. Houve em tempos os famosos Castrati, ou Contra-Tenores, que inicialmente eram homens adultos, que eram castrados para manterem a voz aguda de criança, até que se provar ser um acto de violência extrema.  Uma criança, dado que ainda mudará de voz ao longo do seu crescimento, tem como denominação de Voz Branca.

Para que seja mais fácil descobrirem as diferenças entre os vários tipos de vozes, deixo-vos alguns exemplos dos géneros de voz que mencionei:

Soprano: Anna Netrebko

Mezzo-Soprano:Elina Garanca

Soprano e Mezzo-Soprano em dueto:

Tenor:Roberto Alagna

Barítono:Dmitri Hvorostovsky

Baixo:Alessandro Spina

Vozes Brancas:Les Choristes

Como é sabido, qualquer instrumento musical necessita de cuidados e manutenção. Também a voz precisa, desde o descanso, aos mais variados chás e ao bom uso de toda a estrutura anatómica essencial para a fala e o canto.

A evolução das vozes e composições, sobretudo, no mundo operático, permitiu que hoje em dia haja inúmeros duetos, resultado das várias combinações possíveis das várias vozes. Excepto a raridade que é encontrar uma criança em dueto com um adulto, todas as outras se encontram facilmente na História da Música.

Tags
Show More

Inês Faro

Estudante de Línguas e Literaturas Modernas na Faculdade de Letras da Universidade. Vivo para a música e grande parte dos meus interesses está nessa arte, nesse mundo tão vasto e com tanto ainda por descobrir.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: