Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Pop Culture

No.6

No.6 é um anime que surge em 2011, baseado originalmente num romance com nove partes escrito por Atsuko Atsano. Publicado entre 2003 e 2011, foi adaptado para manga em 2011, com ilustrações de Hinoki Kino.

Descobri este anime em 2013, através de uma amiga fã de anime manga. Com apenas 11 episódios, e portador de uma espetacular banda sonora, rapidamente vi todo o anime, ficando a desejar mais. É um anime simples, com gráficos espetaculares. Foca-se não só nas personagens, mas também no aspecto visual de toda a cidade e tudo o que se passa lá fora.

Sinopse parafraseada e traduzida:

Há muitos anos atrás, após o fim de uma sangrenta guerra mundial, a humanidade recolheu-se em seis cidades-modelo que estava em paz e eram perfeitas… pelo menos na superfície. No entanto, Shio – um residente elite de uma das cidades-estado No.6 – ganhou uma nova perspectiva do mundo em que vive, graças a um encontro fortuito com um rapaz misterioso, Nezumi. Nezumi acabou por ser apenas um dos muitos que vivem no descampado desolado além das muralhas da suposta utopia. Mas, apesar de saber que o outro rapaz era um fugitivo, Shio decidiu recolhê-lo por uma noite e protegê-lo, o que teve consequências drásticas: por causa das suas acções, Shion e a sua mãe perderam o seu estatuto de elites e foram relocados noutro local, e o lado mais negro da cidade começou a ser revelado.

Agora, muito tempo depois do seu encontro, Shion e Nezumi finalmente encontram-se – o ex-rapaz elite e o rapaz fugitivo estão prestes a embarcar numa aventura que irá, a seu tempo, revelar os segredos de No.6.

Temos meia dúzia de personagens, incluindo as duas personagens principais, Nezumi e Shion. Entre as restantes personagens temos a mãe de Shion, Sora (uma amiga de Shion que se torna muito importante) e algumas personagens que residem fora das muralhas.

Shion é um típico rapaz rico que vive na zona priveligiada da cidade. Vive com a mãe e apresenta-se como uma personagem ingénua, motivada por um grande sentido de justiça. Nezumi, pelo contrário, apresenta-se desde logo como uma personagem que desconfia de tudo o que o rodeia, e com uma enorme sede de vingança, não desistindo enquanto não levar à destruição da cidade.

É um anime muito curto, como referido anteriormente, mas um dos melhores que já vi até hoje.  Uma distopia com um governo que tudo fará para esconder os seus segredos, são 11 episódios cheios de drama e suspense.

Tags

Maria Capitão

Licenciada em Estudos Clássicos, passo o meu tempo livre a ler livros, ver séries e filmes e a ser voluntária numa associação de animais. Adoro jogar videojogos, jogos de cartas e de tabuleiros com amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Check Also

Close
Back to top button

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: