Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CulturaMúsica

Miley Cyrus

Odiada por muitos. Adorada por outros. Conhecida por todos. Miley Cyrus sempre andou nas bocas do mundo e nem sempre pelos melhores motivos. Apesar das críticas, Miley manteve-se fiel ao seu estilo e não se deixou abalar. Talvez graças a isso as luzes da ribalta lhe tenham sorrido, mas não só. Afinal, o que faz da (já tão não) inocente Hannah Montana o sucesso mundial que ela é hoje?

Miley Ray Cyrus nasceu em Nashville a 23 de Novembro de 1992 e cedo percebeu que o seu futuro passava pelos caminhos da representação e da música. Apesar de ter começado a sua carreira em 2001, apenas em 2006 atingiu o estrelato com a conhecida série da Disney Hannah Montana, onde pôde dar aso às suas duas paixões, não fosse a sua personagem uma Pop Star mundialmente conhecida.

CS_miley_5

Passando dos palcos ficcionais para os palcos de todo o mundo, Miley começou a sua carreira no mundo da música precisamente com a personagem que criou, com quem lançou dois álbuns, sendo que o segundo já introduzia Miley Cyrus como ela mesmo, visto que foi intitulado de “Hanna Montana meets Miley Cyrus”. Apesar de ainda estar ligada à personagem nessa data, foi em 2008 que se iniciou o início da ruptura, com o lançamento do álbum “Breakout”. O fim da série vem a acontecer em 2010, com as gravações da quarta e última temporada, algo que ditou o fim completo da ligação de Hannah Montana a Miley Cyrus. No entanto, o fim de uma personagem tão acarinhada pelo público nunca é tão linear assim e, durante muito tempo, Miley Cyrus foi vista ainda como “Hannah Montana”, apesar dos esforços para se separar da personagem.

CS_miley_2

Miley continuou a sua carreira no grande ecrã, tendo entrado em filmes como LOL e A Melodia do Adeus, mas foi nos grandes palcos que a sua carreira continuou a evoluir, com o 3º álbum “Can’t be Tamed”, em 2010.

É já com este álbum que a artista tenta a separação mais drástica da sua personagem, mas ainda sem grande impacto, mas eis que em 2013 acontece algo que vai mudar o rumo da carreira da cantora, algo que muitos classificaram como uma tentativa desesperada e exagerada de dizer o adeus final a Hannah Montana. O lançamento do singleWe Can’t Stop” foi o turning point para Miley, que adoptou um novo estilo, tanto de música, como de visual. No entanto, foi com o lançamento videoclip que tudo mudou: um trabalho polémico, que apelava a maus hábitos e com uma Miley rebelde e sem pudores. E foi aqui que as opiniões se dividiram: ódio, amor, pena e tudo era motivo para se falar de Miley Cyrus. Para ela não importava o que achavam, apenas disse que finalmente se sentia confortável na sua pele, a fazer o tipo de música que gostava. Se nós acreditámos? Isso já é mais questionável.

 

A partir daqui foi sempre a descer (ou a subir, dependendo das opiniões). O álbum “Bangerz” foi lançado e com ele mais videoclips polémicos. Miley passou a assumir o twerk e a língua de fora como a sua imagem de marca, fazendo questão de os exibir em todos os espectáculos (quem não se lembra da cena quase sexual com Robin Thicke? Not a nice move, Miley…). As roupas e adereços extravagantes (e muitas vezes inapropriados) faziam parte do quotidiano de espectáculos da cantora, algo que não agradou aos pais dos mais novos, que continuavam a seguir a artista mesmo depois da mudança. Não sabemos se foi esse o seu objectivo, mas uma coisa era certa: ela estava nas bocas do mundo, quase que já estávamos à espera, a pensar “qual será a próxima polémica”.

NEW YORK, NY - AUGUST 25:  Robin Thicke and Miley Cyrus perform onstage during the 2013 MTV Video Music Awards at the Barclays Center on August 25, 2013 in the Brooklyn borough of New York City.  (Photo by Andrew H. Walker/WireImage)
Foto por Andrew H. Walker/WireImage

A verdade é que o alarido passou, apesar de o comportamento da cantora se manter. O que era novidade passou a ser o hábito e hoje, apesar de nem todos gostarem, o estilo de Miley está definido. Hannah Montana passou à história e foi Miley que veio para ficar, quer gostem ou não.

Tags
Show More

Cristiana Sousa

Cris, uma aspirante a jornalista com pronúncia do Norte, habitação em Coimbra e com a mente no mundo. Aficionada do cinema e do mundo dos sonhos, ainda anseia conseguir ver todos os filmes do mundo e visitar todos os países que conseguir antes de sucumbir ao peso da idade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: