Ciências e TecnologiaTecnologia

Metal Gear: A Evolução

É, incontestavelmente, uma das sagas mais populares algumas vez lançadas no mercado, e depois de Guns of the Patriots, Metal Gear promete reinventar-se, e as mudanças não se ficam pelo título. Metal Gear Rising: Revengeance já foi apelidado de “louco, inteligente e espectacular” pela IGN, e promete não defraudar as expectativas.

Solid Snake cede agora o lugar de protagonista a Raiden, conhecido dos jogadores veteranos desde o lançamento da segunda parte da saga, o clássico Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty. Hideo Kojima, o cérebro que concebeu a tão aclamada genialidade de Metal Gear Solid, não lidera o desenvolvimento do jogo, mas co-produziu Metal Gear Rising com a Platinum Games, pelo que se espera o mesmo grau de perfeição a que já nos foi habituando, tanto que será possível identificar inúmeras reminiscências das prequelas.

O lançamento promete distanciar-se dos antecessores em alguns aspectos fulcrais de jogabilidade e dinâmica, embora permanecendo fiel à riqueza de guião, carga emocional e impressionante construção de personagens.

Se já estávamos habituados a aguçar a paciência em nome da máxima Tactical Espionage Action, em Metal Gear Rising: Revengeance haverá muito mais espaço para sermos rapidamente identificados pelo inimigo, e desta vez a arma de eleição é mesmo uma espada. Aqui reside o grande distanciamento entre Metal Gear Solid e o seu sucessor, no combate corpo a corpo que substitui as armas de fogo. O confronto directo e adrenalina provocada pela acção imediata e altamente rápida serão, em sequência, as maiores discrepâncias entre os denominadores Solid e Rising.

Os fãs mais fervorosos poderão ficar desanimados com a transferência do estilo stealth para a acção pura e dura, ou com a experiência menos cinematográfica a que Kojima já nos tinha habituado, por isso importa esclarecer: Rising: Revengeance vai contar com a loucura, humor e gadgets futuristas de sempre, para isso basta perceber que entre ninjas e cyborgs há mais do que espaço para criar uma experiência de jogo memorável.

Com lançamento previsto ainda este ano, a pré-venda de Metal Gear Rising: Revengeance já está disponível em Portugal.

Tags
Show More

Jordana Nicolau Costa

“The greatest pleasure of writing is not what it’s about, but the inner music that words make” – Truman Capote

Related Articles

2 thoughts on “Metal Gear: A Evolução”

  1. É efectivamente um “twist” numa saga de grande sucesso. Vamos todos sentir a falta do Snake. *sniff*
    Ainda assim, a minha única preocupação é que a história comece a perder a complexidade e caia numa rotina “a la” Devil May Cry, sendo que também se trata de um slash’em up… Esperemos que não. Boa “preview”, é bom ver que ainda há quem aprecie e escreva sobre bons jogos em português (volta Templo dos Jogos!!! :D).

  2. Acho que não vai haver meio termo: ou vai ser um sucesso que surgirá como natural tendo em conta o antecessor, ou será um fiasco acusado de se encostar a outros géneros. Partilho da preocupação! Esperemos que se faça justiça ao tão estimado Snake!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: