ArtesCultura

Mais e mais.

No fim da semana chega-nos uma bela notícia. Muitas mais pessoas no mundo, nomeadamente nos EUA, podem decidir, em liberdade, como viver a sua vida. Hoje, por decisão dos tribunais, casais de pessoas do mesmo género podem casar-se em igualdade aos seus concidadãos (ver link).

A liberdade de escolher em consciência, de modo informado e crítico é um bem essencial que não deve ser negado a qualquer ser humano.

Hoje, é um dia em que muitas mais pessoas não serão mais felizes, mas terão um estatuto mais igual e a liberdade de exercer um direito que até aqui lhes era negado.

Que a liberdade de exercer actos privados cuja escolha diz apenas respeito ao próprio e não condiciona, ou violenta, outrem seja cada vez mais e mais fortalecida e estimulada. Mesmo para quem, ressentido e em protesto com a liberdade dos outros, se violente a si próprio, como este pastor do Texas. Está no seu direito.

26_06

Tags
Show More

Ricardo Jorge

Lisboa, 1978. Licenciado e mestre em Arquitectura pela Universidade de Lisboa, estudou também Design e Ensino das Artes. Paralelamente a estas áreas desenvolve trabalho em Ilustração e Desenho com exposições regulares em Portugal.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: