CinemaCultura

It

Quem tem medo de palhaços?

Stephen King pode ser o culpado de uma crise de coulrofobia (medo de palhaços). A culpa é do mais recente filme de terror “It”, baseado na sua obra homónima. Mestre da literatura do terror criou Pennywise, em 1986. Disfarçava-se de palhaço com cara branca e lábios pintados de vermelho, para conseguir chegar perto do seu público-alvo, as crianças. Em 1990, conseguiu uma mini-série, e agora chegou aos cinemas, conquistando as bilheteiras. Além de “It”, o nome de Stephen King está presente em muitos clássicos do cinema de terror. Estou a referir-me a  filmes como “The Shinning” (1980), “Carrie” (1976) e “Christie, o Carro Assassino” (1983). O escritor é uma máquina de criatividade terrorífica.

Numa pequena cidade chamada Derry em Maine, várias pessoas, principalmente crianças e jovens desaparecem misteriosamente. Ano após ano, a lista aumenta. A razão é imediatamente explicada na primeira cena do filme. Quando Georgie um menino de 7 anos tem um encontro inesperado com Pennywise. Escondido no fundo dos esgotos e na escuridão, o terrível palhaço aparece com um sorriso cheio de malícia. Tinha encontrado a sua vítima. Georgie nunca mais foi visto. Passado um ano, o seu irmão, Bill (Jaeden Lieberher), torna-se obcecado em descobrir o motivo do seu desaparecimento. Juntamente com Richie (Finn Wolfhard), Eddie (Jack Dylan Grazer), Stan (Wyatt Oleff), Ben (Jeremy Ray Taylor), Beverly (Sophia Lillis) e Mike (Chosen Jacobs), um grupo de “outsiders” que tentam sobreviver aos primeiros anos da adolescência, procuram a verdade do mistério daquela cidade. Os adultos da cidade estão completamente indiferentes a esta situação. Completamente neuróticos e imprudentes, não apoiam a nova geração. O grupo chega à conclusão que terá de lutar sozinho contra o terrível palhaço.

Os jovens percebem que são mais fortes unidos do que separados.

Além do elenco juvenil, o protagonismo é dividido  com  Bill Skarsgård  (Pennywise). O actor encarna a personagem com todo o seu espírito, pois não é só determinado com maquilhagem e roupa pomposa. A atitude aterrorizante fervilha em cada uma das suas cenas,  juntamente com a sua voz estridente. Actualmente Pennywise  é considerado uma das personagens mais assustadoras do cinema, porque um encontro com ele significa explorar  o medo de cada um. O palhaço  utiliza a habilidade de se transformar para ser aquilo que mais assusta a sua vítima. Como a união faz a força, o grupo terá de se unir para ultrapassar os seus medos mais profundos. Já que o medo de um, não assusta o outro.

It” tornou-se um dos filmes de terror com o final que mais curiosidade me deixou. O desenvolvimento cinematográfico do filme  propõe a impressibilidade ao  espectador. O argumento está brilhantemente bem escrito e mesmo com   o suspense no ar, a comédia e a descontracção das personagens principais está sempre presente.  Facilmente relacionamos este filme com a série “Stranger Things“. Um grupo de  pré-adolescentes luta com todas as suas forças contra uma entidade maligna que ameaça a segurança da cidade onde habitam. Em clima de anos 80, enfrentam a ameaça corajosamente. As semelhanças são mesmo reconhecidas.

Devido ao curioso sucesso de “It“,  a sua continuação já foi encomendada. Pennywise veio para ficar e chegará aos cinemas em Setembro de 2019. Esta obra cinematográfica ultrapassa as expectativas e torna-se numa excelente opção para assistir na noite de Halloween. Afinal quem tem medo de palhaços?

Tags
Show More

Célia Paula

Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro escrever e ler.
Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries de televisão, vejo tudo o que que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia.
Adoro a vida, e ainda há tanto para descobrir.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Check Also

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: