Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Bem-EstarLifestyle

Homens VS Mulheres

Como diria Miguel Esteves Cardoso, “As mulheres sabem. Os homens pensam. As mulheres pensam que sabem. Os homens sabem que não sabem. Mas são as mulheres que acabam por ter razão.”

É já antiga a desavença entre sexos e a tentativa contínua de detectar e explicar as suas diferenças. Será a mulher o sexo forte, como se costuma dizer? Ou será que o homem, mesmo com as suas fraquezas face ao sexo feminino, consegue ser o sexo forte?

Homens e mulheres diferenciam-se em coisas tão simples como a forma de pensar ou de agir, os sentimentos e a forma como os sentem/demonstram e a intelectualidade. Uma das diferenças mais significativas entre homens e mulheres, e também uma das mais faladas, prende-se com o facto de os homens serem mais racionais do que as mulheres. Enquanto um homem consegue pensar de cabeça fria sobre uma situação, as mulheres são mais emotivas, pensando sempre com o coração. Disto advém o facto de os homens serem considerados mais objectivos e as mulheres optarem sempre pelo caminho mais complexo.

Outra diferença é o facto de os homens não conseguirem fazer duas coisas ao mesmo tempo e as mulheres serem peritas nessa habilidade. Se um homem estiver a ver televisão e uma mulher falar para ele, a probabilidade deste não ouvir o que ela disse é elevadíssima. E já que falamos em conversas, está na hora de referir a diferença que mais chateia os homens e que os faz dizer que as mulheres são um poço de complicações: as mulheres dizem coisas com significados diferentes daqueles que as palavras parecem ter. Ora, como os homens até nisso são simples e limitam-se a dizer “sim” quando querem alguma coisa e “não” quando não querem, confundem-se completamente com esta forma de agir das mulheres. Uma mulher pode dizer “sim” querendo dizer “não”, pode dizer “não” querendo dizer “sim”, pode dizer “vai embora” querendo que o homem fique.

No que toca aos amigos, os homens tratam-se entre eles com nomes engraçados, até um tanto ofensivos, e as mulheres optam por chamar nomes queridos, normalmente diminutivos do nome em questão. Além disso, os homens preferem passar mais tempo com os amigos do que com a companheira e as mulheres largam as amigas para se dedicarem mais tempo ao companheiro.

Uma das questões mais controversas e que mais riso causa entre casais é a quantidade de objectos existentes nas casas-de-banho. Um homem precisa de poucos objectos, apenas os necessários para a sua higiene diária: máquina de barbear, toalha de banho, shampoo, escova de dentes e pouco mais. Uma mulher, por sua vez, pode ter cerca de uma centena de objectos na casa-de-banho e sente que precisa de todos eles.

Dizem que a última palavra é sempre da mulher – e é. Qualquer coisa que um homem diga no fim de uma discussão pode dar início a outra, porque as mulheres gostam de ficar sempre “por cima”, gostam de ter razão e, se não a têm, arranjam forma de terem.

No entanto, e apesar destas diferenças serem claramente verdadeiras, nem que seja pela experiência que todos temos no nosso dia-a-dia, existem diferenças que não são tão lineares como parecem. O facto de se associar as mulheres a uma grande demora em arranjarem-se, de se dizer que os homens não gostam de se prender a relacionamentos e ainda a velha ideia de que os homens não gostam de mostrar afectividade em público são as diferenças que achei mais susceptíveis de não serem consideradas lineares. A meu ver, estas três questões que referi não se aplicam, de todo, à maior parte dos homens ou mulheres. Enquanto as anteriores são aplicáveis a uma grande maioria, estas não o são. Existe uma boa percentagem de mulheres que conseguem arranjar-se em 5/10 minutos, assim como existem homens que precisam de 30 minutos. Há homens que gostam mais de se prender a um relacionamento do que a uma mulher e há mulheres que fogem de relacionamentos a sete pés. E há, também, homens que gostam de demonstrar afectividade em público, até mais do que a sua companheira.

Homens e mulheres, com as suas diferenças e peculiaridades, completam-se entre si e é por isso que conseguem coabitar e, por vezes, gostarem uns dos outros. Até no amor as diferenças entre os dois sexos são notórias. “Os homens são todos iguais, até na maneira de gostarem das mulheres. É a nossa única superioridade. Um homem, quando ama uma mulher adora-a. Uma mulher, quando ama um homem, aceita-o. Um homem vê todas as mulheres na mulher que ama. A mulher esquece os outros homens. Um homem ama e respeita uma só mulher. Uma mulher limita-se a amar um só.” (Miguel Esteves Cardoso). E o que é certo é que vai funcionando, a mulher com a sua razão e o homem com a sua racionalidade, a mulher com a sua personalidade e o homem com a sua paciência.

Tags
Show More

Joana Veríssimo

Licenciada em Jornalismo e Comunicação e com uma paixão enorme pela escrita.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: