Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
SociedadeSociedade

Há Tancos e Tancos, há ir e não voltar

Onde está o Wally? É o que penso, quando se fala no desaparecimento das armas de Tancos. O famoso caso do desaparecimento de material de guerra de um paiol, estrutura que se encontra dentro de instalações militares.

Quem? Como? Onde? Porquê? Estaremos perante um grupo extremamente treinado e preparado para tomarem de assalto, sei lá, a casa de quem decide os preços dos combustíveis em Portugal? Quanto tempo demorou a planear este golpe? Quanto tempo demorou para darem falta do material? Foi tudo supostamente levado em uma só noite? Estranho, muito estranho.

Há quem julgue estranho e se questione se não deveria o mesmo estar a ser vigiado 24h. A única resposta para essas pessoas é a de que não conhecem a realidade da vida militar, da falta de efetivos e um handicap nas infraestruturas, bem como de algumas organizações.

Perante todos estes acontecimentos, são exonerados alguns oficiais das suas funções e eis que são readmitidos, em menos de um mês da divulgação de todo este acontecimento. De certa forma, faz-me lembrar a palavra “irrevogável”, quando outra figura política fez questão de assumir perante todos nós a sua forma de estar e agir.

Surgem algumas entidades a exigir um cabal esclarecimento de toda esta situação. O que é normal, já que toda a sociedade está em choque. Bem, toda a sociedade talvez não, mas certamente houve muito inventário nas restantes infraestruturas militares que estão sediadas no nosso pais.

Contudo, se eu julgava estranho irem uns fulanos lá dos lados da zona da laranja, Algarve, irem recuperar o material, estava enganado. Estranho foi supostamente aparecer material que não constava na lista do material desaparecido.

Uma denúncia anónima? Então, mas aquele senhor planeou e efetuou todo este “assalto” sozinho? Pensava eu que o Macgyver e o seu canivete suíço faziam coisas surpreendentes, afinal, estou completamente equivocado. Será tudo isto real ou surreal?

Há quem tenha pedido um cabal esclarecimento de toda esta situação e, passado uns tempos, são efetuadas detenções de elementos de algumas instalações tuteladas pela Administração Interna e Defesa Nacional, onde, perante todos estes factos, não sei realmente o que pensar.

Parece-me que este caso está longe de estar resolvido e já se dão as demissões por parte do governo, tal como o Sr. Ministro Azeredo Lopes e aqui o meu problema de raciocínio se depara com duas pontas soltas. A primeira é perceber o que realmente aconteceu e a segunda é se o Sr. Ex-Ministro vai ter regalias por ter desempenhado as suas funções. Isto, porque tenho a minha carreira congelada e os índices salariais são uma incógnita.

Há quem diga que a demissão de Azeredo Lopes se deve aos documentos entregues ou não ao Sr. Tenente-General Martins Pereira, documentos esses que são nada mais do que um memorando sobre a “encenação” de todo este caso. E aqui surge uma dúvida, pelo menos para mim claro: o referido documento não deveria ter sido entregue no Ministério da Cultura? É que teatro até aos dias de hoje desta tutela, só mesmo os de guerra. Ainda a procissão vai no adro e aproveito para deixar uma sugestão – que tal atribuírem o nome de “Gil Vicente” a este caso? É que em Portugal, segundo a Wikipédia, Gil Vicente foi considerado o fundador do Teatro Português.

Não sei o desfecho deste caso, mas a resposta será cabal, pois, se para uns, o significado de “Cabal” é Completo, Perfeito ou Satisfatório, para outros “Cabal”, também é o nome de um animal (cuja existência não é verificável) da ilha de Java, localizada na Indonésia.

Tags
Show More

Bruno Marriço

Como alguém escreveu um dia, “ Não basta que todos sejam iguais perante a lei. É preciso que a lei seja igual perante todos. “.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: