Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
PolíticaPortugal

Gil Vicente

Confesso sentir-me surpreso todos os dias, quando saio de casa para me deslocar para o trabalho, no meu carro. Vejo cartazes com figuras políticas dentro de transportes públicos a confraternizarem com a sociedade no seu geral e penso que devia ter havido greve da Carris, assim conversavam mais tempo na paragem, ao frio e à chuva.

“Lado a lado pelo que é de todos”, leio num cartaz. Espetáculo, lado a lado. “Enfrentar os poderes já instalados”, dizem outros. Não tenho qualquer escolha partidária, mas isto do lado a lado não me soa nada bem.

Não me soa bem, porque vão estar ao lado dos professores na luta pelo descongelamento profissional, de seguida ao lado das forças de segurança pelo estatuto e demais problemas que afectam as instituições, pelos enfermeiros, pelos bombeiros, pelas vitimas de catástrofes, entre tantos outros que mais parece aquele provérbio “dar pano para mangas” numa altura em que querem todos dizer que vão arregaçar as mangas e labutar, mas que com esse comprimento de mangas nada conseguem fazer, pois tudo atrapalha.

Quando se referem a “enfrentar os poderes já instalados”, falam mesmo de quais? Daquela espécie de déjà vu, quando constantemente sai noticiado de supostas “cunhas” para se conseguir colocação profissional ou a decisão de apertar um furo no cinto do Zé Povinho?

Em ano de eleições, algo me leva a crer que antes de se saberem as propostas apresentadas, existem figuras que frequentam aulas de dramatização, pois sabem muito bem quais os pontos interessantes para dar mais enfase ao seu discurso.

Fico sem saber se deveria ter o nome de “Muroalametar” em vez de bancada parlamentar.

Tags

Bruno Marriço

Como alguém escreveu um dia, “ Não basta que todos sejam iguais perante a lei. É preciso que a lei seja igual perante todos. “.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to top button

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: