Tuesday, Aug 22, 2017
HomeLifestyleLazerFilha da Lei

Filha da Lei

Fala-se muito em produção nacional e por isso resolvi escrever sobre um produto português que a meu ver não tem tido o devido destaque. Não, não vou escrever sobre uma marca nova de cerveja artesanal, ou de vinho, nem tão pouco de azeite. O assunto é outro. Conhecem a série ”Filha da Lei”?

Passa na RTP1 às terças por volta das 22h15 e o horário tem-se mantido, o que realmente é de espantar. Não só por ser uma série e não uma telenovela a passar em prime time, mas também porque a trama vai-se adensando e o assunto é pesado… mas para uma população que leva há anos com os reality shows  da  TVI  já tem estômago  para  isto e muito mais.

Inicialmente achei que seria mais um formato internacional comprado e depois adaptado pela Stopline, como tinha acontecido em séries anteriores que mereciam também mais destaque (“Terapia” e “Tempo Final“). No entanto, para meu espanto, a produção é inteiramente da StopFilmes, mas, por outro lado, “Os Filhos do Rock” também era! Que saudades!

E perguntam vocês o que tem “Os Filhos do Rock” em comum com “Filha da Lei”, sem ser a produtora? Anabela Moreira, meus amores! As duas têm interpretações gigantes de Anabela Moreira. Na primeira faz de Maria, a verdadeira drama queen que é namorada de João Pedro, o vocalista da banda. O que me fascinou foi o twist que a personagem teve. Passei a série toda a odiar Maria, para nos últimos episódios ficar inteiramente rendida a ela e ao seu lado mais emocional. Para quando a segunda Temporada? Em “Filha da Lei”, faz de inspectora chefe da PJ, Isabel Garcia, divorciada de um jornalista famoso (Ivo Canelas, quem mais!!!) e mãe de uma adolescente no pico da adolescência…

O que escrevo é muito redutor, mas não quero ser spoiler de nada, prefiro que vejam. Faltam apenas dois episódios, mas todos os outros estão disponíveis no site RTPlay

O que posso dizer é que o elenco não é grande, mas o casting foi perfeito e o resultado foi uma miscelânea de novos talentos com nomes já consagrados.

A série gira em torno da investigação de uma série de crimes semelhantes que acaba por se transformar na caça ao serial killer de Lisboa. Em paralelo, aparecem outros crimes que vão sendo resolvidos e que servem para nos distrair e ajudam a recriar o ambiente da sede da PJ e das próprias rotinas dos inspectores.

Contudo, a série não é apenas um policial, é também um reflexo dos nossos dramas enquanto pessoas quer seja no plano profissional, quer no familiar, quer no sexual.

Se não acreditam espreitem o trailer:

Andy Warhol - pop ar
Ele decidiu voar

joanaduarte@hotmail.com

Sou uma eterna estudante de Jornalismo, uma vez que o curso ainda está para ser terminado, escrevo por gosto e em forma de desabafo. Em jeito de conversa e sem pretensões espero dar-vos a minha visão do meu/nosso Mundo.

Rate This Article:
1 COMMENT
  • Luis / 06/06/2017

    Meu caro agradecemos imenso a sua opinião e elogio, e no sentido de melhorar a produção nacional que trabalhamos todos os dias. E pois uma honra ler que de alguma forma estamos a humildemente cumprir o nosso objectivo.

    Só uma pequena nota a empresa chama-se stopline.

    Obrigado
    Luís silva

LEAVE A COMMENT