Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Bem-EstarCrónicas

Férias… momentos de relaxe

Equilíbrio e felicidade.

O deambular do passeio pela areia da praia, à beira mar, sentindo o borbulhar das ondas que rebentam a escassos centímetros dos meus pés, transporta-me para um longínquo momento de nostalgia em que a vida ainda se projetava sem um fim à vista e repleta de muitos planos.

No entanto e num escasso e arrepiado momento, a vida galopou fortemente sem que eu tivesse percebido. E dou por mim a pensar que de repente uma imensa vida aconteceu, e os dias sucederam-se uns após outros transformando a juventude em idade adulta, e o sonho em responsabilidade, mas também em realidade.

No entanto, teimo em continuar a sorrir, porque como li algures, os dias só valerão a pena se nos permitirem sorrir, e dou por mim neste tempo de férias a pensar, como será a minha vida daqui a dez anos…

Com toda a certeza com mais paladar, com mais sabedoria e muitas experiências que me ajudam a crescer e a querer continuar a fazer a diferença na vida de quem se cruza comigo nos percursos desta existência.

E continuo a gostar de sorrir para a vida, para os que refilam com o trânsito e até para os mal-educados que teimam em estar eternamente de mal com a vida, sempre descontentes e com imenso que dizer de tudo e de todos que os rodeiam, nada está bem e os outros nunca os compreendem.

O mar e apenas alguns dias de descanso ajudam-me a libertar a alma, a respirar fundo e a recomeçar tudo de novo como se fosse a primeira vez, inocente e inconsequentemente.

Sempre que estamos de férias ficamos mais descontraídos e os dias correm suaves ao ritmo da brisa do mar que embala as ondas, onde entregamos o nosso cansaço de um ano de trabalho e nos revigoramos para o próximo que se aproxima. Na esperança de que seja melhor do que o que agora deixamos para trás.

Os miúdos brincam, os crescidos estão mais descontraídos e tudo desliza no tempo com uma doçura que apenas as férias permitem, enfim são dias de relaxe e de muita brincadeira, leituras, jogos e muita conversa.

O período de férias é também um momento de partilha entre familiares ou mesmo entre amigos. São momentos à volta da mesa numa amena refeição de férias, onde a comida se tempera com uma doce conversa de tempos passados, que todos viveram e de que guardam grandes recordações.

Li algures que quem vive bem a vida é duplamente abençoado, porque a vive por duas vezes, no momento presente e mais tarde, quando já bem velhinho recorda as suas vivências passadas.

Eu tenho por vezes memórias de episódios vividos no passado, que de tão longínquos que se encontram do que agora vivo, me parecem ter acontecido numa outra vida, tão longe que estão deste tempo em que agora me encontro.

Afinal e como diria Buda:

Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com os nossos pensamentos. Com os nossos pensamentos fazemos o nosso mundo.

BOAS FÉRIAS!!!

Tags

Ana Paula Marques

Assumo sem qualquer tipo de pudor o grande gosto que tenho pela escrita, e pelo ato de escrever palavra após palavra, construindo momentos de reflexão e procurando embelezar os nossos dias. Verter palavras transformando-as em textos, são momentos de criatividade que me fazem mais feliz, e que espero, possa transformar de algum modo a vida de quem lê o que escrevo com tanto amor!
Back to top button

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: