Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
GastronomiaLifestyle

Dia da Batota

Não, não estou a falar do Benfica-Sporting, não…

O dia da “batota” foi instituído cá em casa, para contornar um problema que muitos pais têm: conseguir que os filhos comam tudo aquilo que lhes faz falta para crescerem saudáveis, sem o “tem espinhas”, o “não gosto de peixe”, ou o “já comi sopa hoje na escola”. Todos nós já ouvimos estas e outras frases mais imaginativas, vezes e vezes sem conta.

Um dia cansei-me. A propósito de um artigo de dietas, em que se dizia que, por forma a resultar, devia instituir-se um dia em que se poderia comer algo de que se gostasse muito, sem sentir remorsos do que se estava a ingerir, resolvi aplicar o mesmo conceito com o meu filho. Sendo que, num dia da semana, seria ele a escolher o que queria jantar e com a condição de que seria cozinhado em casa. Até agora resultou na perfeição e, inclusive nesse dia, tenho ajuda na cozinha.

O Dia de Pizza é famoso cá em casa. Aproveitando o facto de ter sobrado bolonhesa do jantar do dia anterior e já não ter de fazer o molho de tomate base, acabou por ficar pronto num ápice. Fiz a massa, que deixei a levedar, durante meia hora

 Pizza1

 

Depois, estendi-a apenas com as mãos de forma a ficar assim:

 Pizza2

A seguir, começamos a colocar as coisas boas, como a bolonhesa.

 Pizza3

Os restantes ingredientes, que nesta Pizza, foram cebola, pimento, cogumelos e umas nozes de creme fraiche. Por fim, muito queijo.

Pizza4

Está pronta para ir ao forno pré-aquecido a 200 graus, durante 15 minutos, até que fica prontinha para o jantar.

Pizza5

 

Vamos às compras?

 

Massa de Pizza

Ingredientes:

120 ml de leite

80 ml de água

30 grs de azeite

420 grs de farinha

1 c. de sobremesa de sal

15 grs de fermento de padeiro fresco, ou 1 pacote de 5 grs de fermento de padeiro em pó

Agora, preparar:

Numa taça, desfaz o fermento fresco com um pouco de água tépida. Coloca a farinha na bancada e faz uma cova no meio. Na cova, coloca a água, o azeite, o sal e o fermento previamente dissolvido (no caso de usares fermento seco, salta o primeiro passo e mistura directamente com os outros ingredientes). Começa a envolver a farinha de fora para dentro, até formar uma pasta que se pega aos dedos. Trabalha a massa para que fique com uma textura elástica e homogénea e se despegue das mãos. Coloca em repouso por meia hora, em local protegido.

Vai uma fatia?

Tags
Show More

Marisa Coelho

Eu, curiosa aprendiz de tachos e letras, inspiro-me nas referências do digníssimo trabalho de outros e dou-lhe o meu cunho pessoal. Conto estórias com personagens, tempos e espaços, condimentadas q.b. E sempre em busca do ingrediente perfeito que muitas vezes se encontra na Dita paixão do que se faz.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: