Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Bem-EstarLifestyle

Desculpa, não te quis magoar

Nem sempre magoamos com intenção. Às vezes, magoar alguém é só uma forma de cuidarmos de nós. É um alerta. Uma forma de nos resolvermos. Por vezes, magoar o outro é a única forma de solucionar um problema que insiste em não desaparecer.

Todos já passámos por uma situação em que sabíamos que, se disséssemos ou fizéssemos determinada coisa, íamos magoar outra pessoa. Mas também sabíamos que essa era a única forma de resolvermos os nossos problemas. A verdade é que todos temos personalidades diferentes e, por isso, às vezes entramos em conflito. Para não magoarmos o outro guardamos o que sentimos e vivemos esse problema até à exaustão. Protegemos tanto o outro que nos esquecemos da pessoa que mais precisa da nossa proteção: nós mesmos. Tudo tem limites e chega o dia em que não aguentamos mais. Assim, decidimos pôr a razão à frente do coração e tomamos a decisão que nos parece mais lógica: resolver os problemas que nos sufocam.

Desta forma, às vezes temos de magoar para sairmos de determinados problemas porque, na verdade, em determinadas situações, o outro só percebe que vivemos assombrados por um problema quando o magoamos. Às vezes, magoar alguém é a melhor forma de a proteger. Porque cresce. Porque reflete e, mais tarde, entende. Só assim se resolve o problema. E, no fim, a sinceridade é o caminho.

A frase “Desculpa, não te quis magoar” pode, realmente, ser o caminho. Porque, de facto, na maior parte das vezes em que magoamos alguém, não queremos magoar. Acontece porque todos temos sentimentos e nem sempre sabemos geri-los. A solução é a comunicação. Dizer ajuda sempre. E, no fim, tudo fica melhor.

Tags
Show More

Cátia Barbosa

Licenciada em Jornalismo e Comunicação. Apaixonada por rádio e pela escrita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: