SociedadeSociedade

Conquistar o medo

Os militares das forças especiais são conhecidos, entre outras coisas, por conquistarem o medo com certa facilidade. Como é que eles fazem isto? Existem exercícios que eles fazem que nos podem ensinar a conquistar os nossos medos?

Antes de mais devemos saber que um exercício militar prevê que os recursos militares se envolvam em operações com a finalidade de treinar e avaliar as estratégias em eventuais situações de conflito. Só por aqui percebemos que estes cenários envolvem entre outras sensações, a do medo. O medo do conflito, o medo do inesperado, do incerto.

Contudo, o que provavelmente não sabemos é que esta é uma sensação que, além de natural, é até saudável. Sim, saudável, porque afinal o medo protege-nos de algum tipo de perigo e afasta-nos de situações em que nos sentimos ameaçados. Obriga-nos a escolhas. Porém, em excesso, pode atrapalhar a dinâmica das nossas vidas e levar-nos a evitar o contacto com o que nos proporciona esse medo. Pode tornar-se uma fobia que não controlamos e que nos afeta.

RF_conquistaromedo_1Então, vamos à cura, que pode ser muito mais simples do que imaginamos. O método mais comum e o que é utilizado pelos militares nos treinos é o uso da força de vontade e coragem, que funcionam como técnicas de enfrentar este sentimento.

E quais os métodos? Vamos começar por um que provavelmente não esperava, a respiração. A nossa respiração influencia diretamente o nosso corpo e está diretamente ligada com o nosso estado emocional. Ao controlarmos a nossa respiração, estamos a transmitir uma sensação de calma ao nosso corpo. Por isso, tranquilizar a mente, respirar profundamente, de forma serena e tranquila, pode ajudar na superação do medo.

Se além da respiração, também dissociarmos o medo ajuda nesta superação. É no autocontrolo que a dissociação do medo significa estar distante emocionalmente e de forma saudável. Não se perde o medo, mas conseguimos controlá-lo. Também a modelagem, uma técnica da programação neurolinguística que consiste em observar uma pessoa que é bem-sucedida naquilo que é o medo de outra pessoa, permite que a sensação apazigue. Devemos observar a postura corporal, a respiração e saber o que a pessoa pensa e como se sente para conseguirmos superar os nossos medos.

Todas estas técnicas ajudam na tentativa de superação do medo, mas já existem exercícios práticos, simulações de treinos militares, que nos colocam no terreno prático da superação do medo. O Treino Intensivo de Liderança, que conta em Portugal já com seis edições, mostra como é viver como um recruta. Reais exercícios para militares que nos mostram como o rigor, a interajuda para a sobrevivência e o trabalho em equipa são verdadeiros aliados no dia-a-dia e não só na vida militar. Vencer o medo é uma das capacidades que pode ser adquirida.

A aplicação do treino na vida quotidiana produz, tal como nos militares, um crescimento pessoal permitindo vencer medos, construir opiniões, disciplina, responsabilidade e ainda que as pessoas se superem em desafios que pensam não conseguir atingir. É esta uma das formas de superarmos os nossos medos, aplicando na vida quotidiana os exercícios militares.

 

Tags
Show More

Rita Nunes Ferreira

Licenciada em Comunicação Social e pós-graduada em Estudos Europeus nasci neste mundo onde tudo/quase tudo se traduz em formas de comunicar. Tenho uma paixão nata pela escrita e um soberbo gosto pelo jornalismo em áreas diversas – lifestyle, sociedade, direitos humanos, política, assuntos europeus. Tendo sido ou não talhada para esta azáfama constante não existe o que possa demover. Todos os dias se justifica acordar e escrever mais um “bocado”.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: