Bem-EstarLifestyle

Conexões para os Signos em 2014 – Parte 2

Como já é tradicional, todos os finais de ano somos presenteados com previsões e antevisões do que poderemos esperar para o ano seguinte. Mais do que simples previsões, apresento aqui reflexões para os 12 signos, uma forma de nos conectarmos com a energia deste novo ciclo que se aproxima e compreender que desafios poderemos ter de abraçar e enfrentar em 2014. Contudo, nunca se esqueça, acima de tudo, é o seu livre arbítrio, o seu autoconhecimento, a sua força e determinação que definem o seu caminho. Estas são orientações para que possa olhar este novo ano sob novas perspectivas. Nesta segunda parte pode ver as conexões para os signos de Balança, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes.

Balança – VI – Os Enamorados

Que belíssima carta que o Tarot traz para o signo de Balança neste novo ano! Este signo que preconiza a ligação com o outro, a relação, é agraciado com a força emocional dos Enamorados, que pede exteriorização e vivência plena das emoções, sem restrições ou medos. O que é que os últimos anos lhe têm ensinado? Tem valido a pena bloquear as emoções ou ter receio de as exteriorizar? Não tem, pois não? Então é tempo de abrir o coração e permitir a vivência plena de tudo o que a sua vida tem para lhe oferecer. Não estamos a falar apenas de questões emocionais de relações, estamos na verdade a falar de todas as áreas – profissional, pessoal, familiar, etc. – que necessitam que esteja de coração aberto, com entrega total.

Até porque os Enamorados falam-nos de outra questão que será um tópico importante neste novo ano para este signo. É chegado o tempo de tomar decisões sérias e concisas sobre a sua vida e o seu caminho, decisões que só podem vir do seu coração, daquilo que realmente deseja e quer para si. Já chega de escolher caminhos apenas porque vai ajudar os outros ou porque não vai prejudicar este ou aquele! Já chega de, tantas vezes e em tantas situações, se prejudicar para que os outros, sejam eles quem forem, não sofram tanto. Há momentos em que temos de olhar para nós, para o que precisamos e para o que nos faz felizes, mesmo que tenhamos de ir contra muita gente ou que tenhamos de desagradar a um ou a outro. Não, caro Balança, isso não é egoísmo, isso é simplesmente gostarmos de nós, de tal forma que nos apercebemos que não podemos tomar para nós as dores dos outros nem os seus desafios, que não podemos ser mães nem pais dos nossos próprios pais, irmãos, cônjuges, namorados, namoradas, amigos, etc.

Então, neste novo ano, olhe mais para si e viva as suas próprias emoções de forma saudável e bela, pois só dessa forma poderá receber o que o Universo tem para lhe dar. Acredite, com Os Enamorados, o que ele tem para lhe oferecer é muito bom, cheio de amor, emoções, felicidade e harmonia! Não deixe nada disto escapar!

 

Escorpião – XIX – O Sol

Excelente carta reserva o Tarot para a energia de Escorpião. Este signo, que neste novo ano vê Saturno fazer a sua caminhada pelos seus últimos graus, concluindo um forte e intenso trabalho de transformação, tem com O Sol uma mensagem de energia, força e dinamismo.

O Sol é uma das mais positivas cartas do Tarot, que nos lembra sempre que a vida tem de ser vivida com alegria, entusiasmo e optimismo! Essa é a sua verdadeira tarefa durante este ano, fazer o que faz melhor, transformar todos os problemas, toda a dor, todo o medo em alimento para os seus projectos, em coisas boas e positivas! Por muitos processos que ainda tenha de viver, por muitos desafios que estejam à sua frente (e que Saturno ainda trará), agora é o tempo de brilhar, de mostrar o que vale e o que pretende para si, para a sua vida, para o seu percurso, deixar o passado lá atrás e permitir-se receber com entusiasmo o que a vida tem para lhe oferecer. Olhe à sua volta e veja quão bela é a vida, a sua vida! Veja nas pequenas coisas a magia que a vida nos traz e seja profundamente grato pelo simples facto de respirar e poder, hoje, ser diferente! Valorize-se mais, divirta-se mais, celebre mais, pois é a sua atitude que vai trazer-lhe a verdadeira tonalidade do seu ano!

No entanto, nunca se esqueça que de nada serve brilhar, celebrar ou ser optimista se no seu coração, no mais íntimo do seu ser, não estiverem a humildade e a inocência que nos fazem ver a vida pelos olhos duma criança. O Sol é a carta da nossa criança interior, aquela energia que nos lembra que somos seres com uma centelha divina, mas que a nossa essência tem de ser pura nos seus actos, sentimentos e pensamentos. Mantenha-se sintonizado com a sua essência, respeite o seu eu, os seus sentimentos, a sua vida, entregue-se, abra o seu coração e, com toda a humildade, receba todas as bênçãos que o Universo tem para si. Se mantiver mágoas antigas ou insistir em remoer coisas que já não fazem sentido, todo o potencial que este ano tem para si pode simplesmente perder-se, e eu acredito que não é nada disso que pretende.

 

Sagitário – XII – O Dependurado

Para o novo ano, Sagitário recebe a energia do Dependurado, uma energia que por vezes pode parecer dura e até mesmo difícil de gerir, mas que, quando bem trabalhada, permite-nos uma profunda elevação e tomada de consciência que só é possível quando nos entregamos de alma e coração ao nosso caminho de vida. É isso que O Dependurado vem pedir ao signo da fé, que olhe para cada desafio da sua vida com outra perspectiva e com outros olhos, permitindo assim que haja uma nova atitude perante muitas situações na sua vida.

Sim, ainda haverá desafios, ainda existem sacrifícios a fazer, mas se acreditar que tudo o que se passa na sua vida tem um propósito maior de crescimento, transformação e evolução, vai conseguir encarar cada momento com leveza na alma. Muitas vezes temos de passar por provas, algumas delas longas e duras, que põem em causa muitos dos nossos valores e até mesmo a nossa fé, mas tudo o que tem vivido tem sido uma aprendizagem profunda para que pudesse chegar a este ponto, o de compreender exactamente o que lhe está a ser pedido e preparar-se para executar na perfeição essa tarefa. Contudo, já percebeu que a pressa, por norma, leva a maus resultados, e por isso o Universo coloca-lhe um desafio de calma, paciência, ponderação e entrega neste novo ano. O Dependurado é uma carta profundamente ligada à energia crística, a energia do sacrifício em prol de um Bem Superior, e por isso mesmo ela vem-lhe relembrar que para chegar ao seu objectivo, ao seu propósito, precisa de agir de coração aberto, libertando-se dos medos e das amarras, compreendendo de forma sublime o porquê de cada uma das circunstâncias da sua vida.

Com este sentido também, aproveite para analisar as suas atitudes, nomeadamente as para com outras pessoas. Reflicta sobre elas e perceba que muitas vezes a maior ajuda que podemos dar a alguém é permitir que cada um faça o seu percurso, sem tentar salvar ninguém, e que sempre que não fazemos isto, criamos mais uma prisão em nós, mais uma frustração, mais um peso a carregar. Este ano o que lhe é pedido, acima de tudo, é que se permita libertar-se de todos os pesos que ainda carrega, pois só quando estamos leves podemos caminhar mais longe e mais depressa. Poderá não saber logo como o fazer, mas ao longo do ano essas respostas vão chegar, se assim o quiser e fizer por isso.

Capricórnio – XVII – A Estrela

Costuma-se dizer que depois da tempestade vem a bonança. Com Plutão a passar por este signo desde 2008, a energia de Capricórnio já viu muitos anos de tempestades, furacões e outros eventos parecidos. Não, eles ainda não terminaram por completo, mas 2014 tem tudo para ser um pouco diferente quanto à forma como essas intempéries são vividas.

A Estrela é uma das cartas de protecção do Tarot. Como no mito dos Reis Magos, ela indica-nos a esperança em tempos melhores e na resolução de todos os problemas. É este sentimento de esperança, esta vivência profunda que nos enraiza e nos permite seguir o nosso caminho, apesar de todas as dificuldades, que estará a ser trabalhado e será a tónica principal deste novo ano. Por muitas que tenham sido as provações e as dificuldades, por muito árduos que tenham sido os caminhos, este é o momento de acalmar o seu coração e compreender o porquê de todas as coisas que aconteceram. Nem sempre será fácil ver isso, mas a energia da Estrela vai ajudá-lo não só a ver como também a aceitar e a não sentir mais a dor de tudo o que se passou. Compreendendo e aceitando profundamente tudo o que tem vivido vai permitir libertar-se de muitas dessas lutas interiores que tem vivido, e isso é o que é pretendido para este novo ano.

A Esperança é uma das mais grandiosas e belas forças do ser humano, ela é uma âncora em tempos difíceis e um bálsamo para muitos sofrimentos. É nesta energia que a Estrela lhe traz que deverá concentrar-se e relaxar, pois o Universo está a dar-lhe a oportunidade de ter um tempo de descanso na sua caminhada. Deixe os sentimentos fluírem e aceite um movimento mais calmo na sua vida. Sim, eu sei que é difícil essa atitude para um Capricorniano, sempre habituado a lutar e a sobreviver, mas o Universo está a dizer-lhe que agora não é necessário tanto esforço e que é duma atitude de maior paz interior, com calma, ponderação e sem grandes movimentos, que as maiores respostas deste ano vão surgir!

 

Aquário – IX – O Eremita

Aos originais e muitas vezes rebeldes Aquarianos, o Tarot reserva para este ano um forte desafio, o da energia do Eremita. Como carta de grande sabedoria que é, o Eremita vai pedir à energia de Aquário que encontre em si mesmo as respostas que anda há algum tempo à procura, embora, como tudo na vida, isso tem um custo. Pois é, chegou o tempo de parar um pouco e olhar para dentro de si. Pergunte-se, afinal, que caminho quer percorrer e onde quer chegar. Contudo, todo este percurso, esta verdadeira peregrinação interior, pede calma e paz interior, pois só assim poderá ouvir-se a si mesmo, até porque a única pessoa que lhe poderá responder a determinadas dúvidas e questões é você mesmo.

O que a energia do Eremita lhe pede é que se conheça a si mesmo, duma forma verdadeiramente profunda, ouvindo aquilo que é, verdadeiramente, o seu Mestre Interior. Como um verdadeiro peregrino, essa jornada é longa e muitas vezes dura, pois ouvir-nos implica reconhecermos em nós algo que, tantas vezes, choca contra aquilo que gostaríamos de ser ou que idealizámos. Esta é também uma jornada solitária, pois ninguém poderá fazer esse caminho por si, e é natural que durante este ano sinta muita necessidade de se isolar. No entanto, não se esqueça que ter o seu espaço não significa afastar as pessoas que estão à sua volta e que partilham consigo da sua caminhada. O isolamento só trará sofrimento e frustração, o que não fará qualquer sentido depois de uma caminhada tão forte como a que fez nos últimos tempos. Voltar-se para dentro é simplesmente conhecer-se, compreender tudo o que caminhou e que aprendeu até aqui e traçar o caminho para a realidade que pretende para si, vendo cada passo a dar e, com calma, fazer esta caminhada.

Recorde-se, todo este processo tem um propósito, e essa meta é a de reconhecer o seu valor, conhecer as suas capacidades e aceitar de uma vez por todas que o seu caminho está única e simplesmente nas suas mãos. É isso que o Eremita pretende, que olhe para dentro de si, onde estão as verdadeiras respostas, e oiça o que o seu coração e o seu Eu têm a dizer, para que quando chegar o momento de agir, faça-o pelas razões correctas, faça-o por si!

 

Peixes – XIII – A Morte

Forte desafio tem a energia de Peixes neste ano de 2014. Com o deus dos mares, Neptuno, a navegar nas suas águas durante os próximos anos e a trazer a imprevisibilidade das ondas e das marés, limpando a essência emocional deste signo, nada faz mais sentido do que permitir que esta energia se materialize na profunda transformação que A Morte preconiza.

Chegou o momento de transformar e limpar tudo aquilo que já não faz sentido na sua vida, sejam pessoas, situações, pensamentos, emoções ou até você mesmo. Este é o tempo de cortar com tudo aquilo que já não precisa, que não lhe traz felicidade nem alegria, largando os dramas e as vitimizações que tantas vezes têm tendência para ganhar protagonismo. O processo profundo que tem vivido chega assim a uma prova de fogo, onde está nas suas mãos a limpeza que tanto anda a pedir e a ansiar. Abra o seu coração à mudança, sem medos ou receios, sem jogos nem subterfúgios emocionais, pois só quando aceita em pleno este processo e o que lhe for sendo pedido ao longo deste ano, com humildade e entrega, é que poderá realmente fazer os desapegos e as transformações que já há muito quer para si.

A Morte traz-nos também uma escolha, e em cada escolha existe uma responsabilidade que necessita de ser assumida para que ao Universo seja transmitida a vibração maior de um ser que reconhece em si a sua centelha divina e sabe que é criador do seu próprio destino. Por isso, neste processo de transformação que A Morte lhe estará a trazer, tenha presente que é preciso que ela venha de dentro do seu coração, com uma profunda aceitação, de sorriso nos lábios e olhar confiante, com um arrebatador sentimento de gratidão por tudo o que o Universo lhe está a oferecer, por esta oportunidade de modificar algumas daquelas coisas que tanto queria alterar. Contudo, não se esqueça que A Morte é uma carta muitas vezes árdua e difícil, que lhe trará muitas vezes sentimentos controversos e atitudes um pouco inflamadas. Cabe-lhe a si acalmar os seus ânimos e compreender o porquê de reagir de tal forma, vendo, muito provavelmente que apenas está a ver nos outros ou nas situações o espelho de quem você também é. Faça esse exercício e verá que conseguirá fazer deste ano um dos mais inesquecíveis da sua vida.

Tags
Show More

Leonardo Mansinhos

Nasci em Lisboa em 1980 sob o signo de Virgem e com Ascendente Capricórnio. Quando era pequeno descobri uma paixão por música, livros e por escrever. Licenciei-me em Organização e Gestão de Empresas pelo ISCTE e trabalhei durante quase uma década nas áreas de comércio, gestão e, principalmente, Marketing, mas desde muito cedo interessei-me pelo desenvolvimento espiritual. Comecei como autodidacta há mais de uma década em diversos temas esotéricos, nomeadamente em Astrologia, e, mais tarde, descobri no Tarot uma verdadeira paixão. Hoje dedico-me a esta paixão através das consultas de Tarot e Astrologia, assim como de formação, palestras e artigos nas mesmas áreas. Em 2009 co-fundei a Sopro d’Alma, um espaço de terapias holísticas e complementares, dedicado ao ser humano e onde dou as minhas consultas, cursos e palestras. Procuro, acima de tudo, ser um Ser todos os dias melhor, pondo-me ao serviço da sociedade através de tudo o que sou.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: