EstiloLifestyle

Brinquedos do Passado

Depois de um mês recheado de magia seria inevitável falar de brinquedos. Estes objectos são de uma importância vital para uma infância saudável e, no Natal, é a prenda mais sonhada por todas as crianças do mundo.

De que se lembram vocês de quererem receber no Natal há dez anos? Ou mesmo alguns de vós, há vinte, ou trinta anos? A imagem imediata que criamos, quando pensamos nos brinquedos do passado, passa com certeza pela ideia das bonecas (entre elas, até a famosa Barbie) e bebés chorões, soldadinhos de plástico, carros de brincar, yo-yos, jogos de tabuleiro (dos grandes nomes da Majora como O Sabichão, o Mikado, o Jogo da Glória e o Monopólio até ao xadrez e às damas), piões, berlindes, papagaios que seriam lançados ao vento e até mesmo carrinhos feitos de verga e de canas.

topo-gigioVoemos, então, até aos anos 80. A grande expansão da Playmobil (que na altura era vendida com o nome de Famobil) e da Lego. O aparecimento do Cubo de Rubik (ou Cubo Mágico), do famoso Aquaplay e da “mola maluca” que espantava o olhar enquanto descia pelos degraus. Na televisão, época da Abelha Maia, da Heidi e do Marco, do Dartacão e os Três Moscãoteiros, da astuta Pantera Cor-de-Rosa, do Topo Gigio, do Vitinho (que nos deixava adormecer), dos Marretas, do Sherlock Holmes, do Tintin e da Pippi das Meias Altas. Um mundo de brinquedos e de entretenimento que nos prendia a atenção e deixava-nos a sonhar por algumas horas.

Porém, não fiquemos por aqui. Os anos 90 (que parecem bem mais recentes do que realmente são) também trouxeram mãos cheias de novidades, muitas delas, agarradas à evolução do mundo tecnológico. Quem não se lembra do famosíssimo Tamagotchi? Um exemplo entre muitos. O Furby foi outro robot que se tornou um “must-have” da altura. A década de 90 trouxe-nos também a fantástica máquina de tetris Brick Game, o Diablo e os Hipópotamos Comilões. Foram nestes anos que o computador passou a ser uma realidade e jogos como o Pac-Man e o Space Invaders (que apesar de terem sido criados por volta de 1980, chegaram aos computadores por esta altura), Prince of Persia, Doom e todo um mundo da MS-DOS passou a ser parte do nosso dia-a-dia. A televisão tornou-se cada vez mais presente e programas como a Rua Sésamo, O Jardim da Celeste e o Major Alvega rechearam a infância de todas as crianças de 90. Mais do que isso, os célebres desenhos animados da época como: Dragon Ball, Pokémon, Tazmania, Super Campeões (Oliver e Benji), Cavaleiros do Zodíaco, Samurai X, Carrinha Mágica, Inspector Gadget, Navegantes da Lua, Power Rangers e Tartarugas Ninja.

Esta lista é infindável e com certeza que me faltarão grandes nomes de brinquedos e brincadeiras que fizeram parte da vida de muitos de nós. De qualquer forma, é reconfortante poder olhar para trás e perceber que todos nós tivemos uma infância e que todos nós estamos ligados de alguma forma, nem que seja por meros objectos que nos correlacionam no tempo.

Tags
Show More

Ariana Ramos

Estudante de Design, amante da escrita e de tudo o que se relaciona com o conhecimento.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: