AmbienteCiências e Tecnologia

Aves venenosas?

Um animal venenoso é tudo o que ninguém quer encontrar na sua casa (ou em qualquer outro lugar). Serpentes, escorpiões e aranhas, são alguns dos animais venenosos que existem no mundo, mas, já ouviram falar de aves venenosas?

Apesar de parecer estranho, existem. Pesquisadores descobriram recentemente que algumas espécies do gênero Pithohui (pássaros que vivem na Nova Guiné) utilizam veneno para se defenderem de possíveis predadores. Até há pouco tempo, este tipo de defesa era conhecido noutros organismos, mas não nas aves.

O veneno, formado por uma toxina de nome estranho e longo (homobatracotoxina), encontra-se principalmente nas penas e na pele destas aves, sendo que as penas mais tóxicas são aquelas localizadas na barriga, no peito e nas patas do animal.

mg_avesvenenosas_1Estas aves foram descobertas e estudadas pelo pesquisador Jack Dumbacher em 2013 e foram as primeiras aves venenosas a serem cientificamente documentadas. Durante os estudos, Dumbacher foi arranhado acidentalmente na mão pelas garras de uma destas aves. O cientista sentiu dor, por reflexo, sugou o dedo e começou a sentir a boca a ficar dormente e a queimar. Mais tarde é que foi avisado por nativos da região de que se tratava de uma ave venenosa, facto que era totalmente desconhecido pela ciência. Dumbacher acabou por ficar bem, contudo, os animais de porte mais pequeno, sofreram de paralisia e chegaram a morrer.

Apesar de faltarem estudos, acredita-se que também estas aves esfreguem a toxina nos ovos e no ninho, protegendo desta forma a futura prole de eventuais depredadores. Contudo, o mais curioso de tudo isto é que provavelmente esta incomum característica nestas aves se deva à alimentação, pois os Pitohuis alimentam-se principalmente de besouros (da família Melyridae) que são uma poderosa fonte de homobatracotoxina.

Cientistas avisam que nem todas as espécies de Pitohuis são venenosas, das 6 espécies descritas até agora, apenas três são potencialmente venenosas, normalmente aquelas que têm as penas mais escuras são as mais perigosas.

Tags
Show More

Maria J Gutierrez

Bióloga de profissão, amante da natureza e de todas as suas formas de vida, desde os seres mais gigantes até aos mais pequeninos. Não há nada como estar com a família, descobrir o mundo, aprender, ler um bom livro e cervejinhas com os amigos.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: