ArtesCultura

Atirar à sorte.

No próximo dia 4 de Outubro há eleições legislativas para escolher o futuro primeiro ministro de Portugal e o governo. Diria que a pior coisa a fazer seria ficar em casa e deixar que decidam por nós. E que o pior motivo para votar na coligação de partidos que suportam o actual governo é o medo do “desconhecido”. É preciso debater seriamente propostas inteligíveis pelos cidadãos para que a democracia seja efectiva e todos possam participar plenamente, reivindicando, discutindo, trabalhando para um futuro melhor.

Não atirem à sorte. Votem com convicção e conhecimento. Informem-se e participem. Discutam. Está na altura de quebrar o tabu e discutir política e religião com normalidade. A política é um tema que nos diz respeito e influencia todos os dias, a todo o momento. Era de considerar uma verdadeira educação para a cidadania e para a política, desde cedo, na escola. Fica a proposta e o repto para quem ganhar estas eleições.

16_09_15

Tags
Show More

Ricardo Jorge

Lisboa, 1978. Licenciado e mestre em Arquitectura pela Universidade de Lisboa, estudou também Design e Ensino das Artes. Paralelamente a estas áreas desenvolve trabalho em Ilustração e Desenho com exposições regulares em Portugal.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Check Also

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: