ArtesCultura

Amor

Há coisas muito difíceis de definir e para as quais precisamos de exemplos. O amor parece-me ser uma delas. Colaboram para a definição das coisas difíceis, as que não são planas nem lineares ainda que sejam universais, a literatura, a pintura, a música, o teatro entre outras formas de expressão artística. A interrogação sobre as coisas mais profundas e a construção do próprio ser e do mundo formam-se muito deste modo. Desta vez, trago-vos como sugestão uma música que define bem o que é o amor, em quatro ou cinco versos. O amor é muito, muito mais mas também é tão assim, como esta música me inspirou a desenhar.

PA1_1

Tags
Show More

Ricardo Jorge

Lisboa, 1978. Licenciado e mestre em Arquitectura pela Universidade de Lisboa, estudou também Design e Ensino das Artes. Paralelamente a estas áreas desenvolve trabalho em Ilustração e Desenho com exposições regulares em Portugal.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: