PolíticaPortugal

Allahu Akbar

O principal local de culto da comunidade islâmica em Portugal é a Mesquita Central de Lisboa que fica na Avenida José Malhoa, perto da Praça de Espanha, em Lisboa. A mesquita pode ser dividida em quatro espaços: entrada, a salaAR_allahuakbar_1 de orações (sobre a qual se ergue uma cúpula e reza-se cinco vezes por dia virados para Meca), a madraça (escola islâmica. Neste local aprendem o Alcorão que é a palavra sagrada do profeta Maomé) e o minarete.

A religião muçulmana está assente em cinco pilares: a recitação e aceitação da crença, orar cinco vezes ao longo do dia, pagar esmola (em segredo e sem ser movido pela vaidade), jejuar no Ramadão e fazer a peregrinação a Meca (Hajj) apenas se tiver condições físicas e financeiras para o fazer.

A mesquita foi inaugurada a 29 de Março de 1985. O actual Imã da mesquita de Lisboa é o sheik David Munir. O número de muçulmanos aumentar em Portugal com a revolução de 25 de Abril 1974.

Os muçulmanos em Portugal vêm, na sua maioria, das antigas colónias em África.

Em 1979 o governo de Mota Pinto (um dos primeiros executivos do pós-PREC) cedeu à comunidade islâmica uma AR_allahuakbar_2parte do Palácio de Príncipe Real para ali realizarem as suas orações. Tornava-se contudo necessário organizar a construção de um espaço para a comunidade islâmica. A sua edificação resultou da contribuição de países islâmicos, à frente dos quais se encontrou a Arábia Saudita (com 1 milhão de dólares. Este é um dos países mais ricos do golfo pérsico mas também dos mais ortodoxos), seguida do Kuwait, Líbia, Emirados Árabes Unidos e Omã.

As diferenças entre o islamismo e o cristianismo não são assim tão grandes já que os primeiros acreditam que Jesus foi um dos seus profetas. A maioria dos muçulmanos pertence a uma das duas principais denominações com 80% a 90% sendo sunitas e 10% a 20% sendo xiitas. A Indonésia é o país do mundo com mais muçulmanos. 23% da população mundial é muçulmana. O Islão é a segunda maior religião e uma das que mais cresce no mundo. E estima-se que o número de muçulmanos em Portugal ronde os 30 mil.

Alguns radicais islâmicos juntaram-se em grupos terroristas como a Al-Qaeda ou o Estado Islâmico (pensasse queAR_allahuakbar_3 existam até 20 jihadistas neste grupo. A maioria destes combatentes foi para a Síria vindos da França e do Reino Unido). Estes também defendem a submissão da mulher, a perseguição a cristãos e o assassinato de dissidentes em países islâmicos.

A comunidade islâmica em Portugal é bastante pacífica mas também sofre com os ataques dos grupos extremistas. Depois dos ataques em Paris foi colocado um vídeo no site da comunidade islâmica em Portugal a “visar” o país numa nova onda de ataques e algumas pessoas queixam-se de preconceito.

Tags
Show More

Andreia Rodrigues

Fui para jornalismo pois sempre me interessou o que se está a passar no mundo e gostaria de fazer parte dessas mudanças. Sou comunicativa e uma amante das artes. Na escrita sinto que ganho assas para viver outras vidas e penso que é um grande complemento ao jornalismo. A criatividade é a minha principal faceta e a vontade de trabalhar e aprender cada vez mais a gasolina que me move em busca do meu lugar ao sol no mundo da comunicação social.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: