Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Crónicas

Acordar naquela Casa

Eram simples aqueles tempos.

Eram simples aqueles tempos.

Lembro-me de quando abrias aquela portada de madeira da janela do quarto. Recordo-me que, apesar de cinzenta ela ser de cor e de tentar enganar um pouco mais o que era inevitável, a luz do nascer do sol entrava e radiava de uma forma muito singular. Ao mesmo tempo que iluminava o grande terço pregado àquela parede na cabeceira daquela cama, ela aquecia a leveza do teu sorriso mudo que ficava no ar.

Que bom era!

Ali, os sinais dos jogos da noite anterior de não querer adormecer ainda eram bem visíveis nos lençóis e cobertores agora revolteados. Os movimentos residuais e inconscientes daqueles três irmãos de sangue para ganhar o lugar junto da parede eram ainda notórios.

Enquanto isso, do outro lado da rua bem junto ao portão de entrada da casa, a água translúcida da fonte corria. Aquela que nos iria lavar o rosto, os olhos e o sorriso. A clareza de como se conseguia ouvir o canto do galo predestinava mais um dia com odores cheios a terra.

Que bom era!

O cheiro de pão torrado nas brasas de lume aceso brilhante que nos aquecia (e que ainda hoje aquece) barrada a banha de porco que tiravas com todo o carinho de um pequeno pote de barro e que guardavas por detrás de um cortinado de pano, enchiam o nosso olhar e sorriso genuínos de crianças.

Eram simples aqueles tempos.

Tão simples de acordar.

Tão simples de saltar da cama e ser levado pela tua mão para aqueles campos.

Tão simples de encontrar quem já nos esperava por lá…

Tão simples de brincar…

Tão simples de aprender e de se ser ensinado.

Eram simples aqueles tempos.

Pedro Renca

Sorrio porque, sorrir faz bem à minha saúde mental! Sou Enfermeiro Especialista em Saúde Mental e Psiquiátrica, de outra maneira não poderia ser... Tendo interesse por diversos modos de expressão, alio à minha atividade profissional diversos projetos na área da expressão plástica, escrita, música, fotografia e cinema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Check Also

Close
Back to top button

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: