Bem-EstarLifestyle

Aceitar o Momento Presente

Quando tudo está a correr como queríamos surge o que parece alterar o ciclo, algo que nos contagia e nos leva a mudar a nossa perspetiva otimista para uma perceção mais negativa. Sabemos que nem sempre tudo corre bem e que é complicado aceitar algo que não nos faça sentir no nosso melhor, que nos retire conforto ou despolete em nós emoções negativas.

Contudo, em vez de lutarmos contra o que não está sob o nosso controlo, resistindo ao que é inevitável, podemos sim aproveitar o momento da melhor forma possível, aceitando as circunstâncias e agindo a partir delas.

Aceitar o presente não é o mesmo que ficar conformado com o que se passa à nossa volta e não reagir. Significa sim que deixamos de gastar a nossa energia em coisas que não podemos controlar e focamo-nos em aprender com cada situação que consideramos menos boa, dar o nosso melhor para seguirmos os nossos objetivos e ver cada obstáculo como forma de aprender algo novo ou, quem sabe, redirecionar-nos para um caminho que se torna melhor para nós.

Aceitar o presente não é desistir de tentar o que não parece estar a funcionar, mas encontrar novos caminhos e abordagens para conseguirmos aquilo que sempre quisemos, compreendendo que um desvio no caminho não é necessariamente uma desistência ou algo tão mau como parecia à primeira vista. Às vezes é algo que realmente precisamos de aprender. Por difícil que possa parecer, devemos aceitar, cultivando sempre a esperança num futuro melhor e agindo para o conseguir.

Nem sempre estamos dispostos a aceitar de ânimo leve nem temos que estar, mas percebendo que quando deixamos ir um pouco da resistência que nos domina, há sempre algo que podemos aprender, há alguma oportunidade escondida ou é o momento para percebermos o que nunca tínhamos parado para pensar. É mais trabalhar com o que temos em vez de deixar de agir por não estarmos perante o que consideramos serem as circunstâncias perfeitas.

Quando aceitamos o momento presente como se o tivéssemos escolhido, usamos todas as nossas forças num único sentido e percebemos que não vale a pena lutar contra o que não controlamos. Deixamos de ser dominados pelos acontecimentos e a nossa vida passa a depender não do que nos acontece, mas da forma como reagimos a cada momento da nossa existência e o tornamos o melhor possível para nós.

Tags
Show More

Beatriz Guerra

Apaixonada por escrever, ler e viajar. Adoro ouvir histórias de vida e histórias de sucesso. Interesso-me, igualmente, por temas como: bem-estar e estilos de vida, desenvolvimento pessoal, viagens, cultura, idiomas e sociedade.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Check Also

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: