Ciências e TecnologiaSaúde

A (in)fertilidade feminina

No dia 26 de Maio, foi publicado um artigo, na revista Science, escrito por um grupo de cientistas portugueses que desenvolveu um trabalho sobre a infertilidade feminina. Este grupo é constituído maioritariamente por mulheres que trabalham, em equipa, no Instituto Gulbenkian da Ciência e esta descoberta vai permitir abrir uma nova esperança para muitas famílias. A palavra chave é centríolo, que é um organelo presente no citoplasma das células eucariontes, as mais complexas, que têm núcleo devidamente organizado. Tem formato cilíndrico, são constituídos por 9 microtúbulos triplos, situam-se no centro da célula, estão dispostos em pares e têm capacidade de auto-duplicação. Estes participam da organização do fuso miótico e na formação dos cílios e flagelos, que são os apêndices das células que permitem a sua locomoção. A função destes organelos é orientar a divisão do material nuclear durante a divisão celular.

Na fertilização, o embrião recebe a informação genética do pai e da mãe, mas os centríolos são apenas transportados pelo espermatozóide, uma vez que o óvulo perde estas estruturas na altura da sua formação. O centríolo tem um revestimento que o protege e é perdido no interior do ovócito e quando estas estruturas não são eliminadas a mãe é infértil.

A investigação foi feita na mosca da fruta, comum nas pesquisas científicas. A perda do revestimento do centríolo é provocada por uma proteína chamada polo, que tem função reguladora. Esta descoberta é o primeiro passo para mais frentes, conforme afirma a responsável pela investigação. Os centríolos são críticos na divisão celular e na formação das células ligadas a processos sensoriais como a visão e o olfacto. Outra parte está relacionada com os tecidos musculares e é necessário saber quais as suas consequências para a sua regeneração.

A reprodução sexuada está dependente da ocorrência de dois fenómenos complementares: a meiose e a fecundação. A meiose é um processo de divisão celular que ocorre para a produção de gâmetas e que acontece nas gónadas. O DNA é o material que contem a informação genética e a sua replicação faz-se por um processo semiconservativo, o que assegura a consistência da sua estrutura. Quando uma célula se divide é necessário que a molécula do DNA se replique permitindo que cada célula filha herde uma cópia de toda a informação genética que a célula mãe possuía. As características perpetuam-se de geração em geração celular.

Em estudos anteriores, soube-se que as células cancerosas contêm centrossomas a mais. Os centríolos estão instalados nesses organismos, o que acaba por ser negativo. Em células normais, cada centrossoma tem um par de centríolos e nas cancerígenas encontram-se mais do que o normal, chegando a dez ou até um número superior.

Compreende-se assim, a importância desta descoberta, não só para a comunidade científica, como também para a sociedade em geral. Estes avanços científicos terão consequências positivas na vida do dia a dia, permitindo resolver problemas e encontrar soluções associadas a outros campos. Esperamos que a continuação dos trabalhos nos consiga dar respostas rápidas sobre as inquietações que todos temos. A saúde é um bem maior, mas, como se sabe, só lhe damos valor quando a perdemos.

É de louvar o trabalho desta equipa que não desiste e que, agora que encontrou a “alavanca” do problema, vai continuar a averiguar até chegar à conclusão final. Para eles vão os meus parabéns e desejos de continuação de excelente trabalho.

Show More

Margarida Vale

A vida são vários dias que se querem diferentes e aliciantes. Cair e levantar são formas de estar. Há que renovar e ser sapiente. Viajar é saboroso, escrever é delicioso. Quem encontra a paz caminha ao lado da felicidade e essa está sempre a mudar de local.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: