Bem-EstarLifestyle

A Forma Como Olhamos

Nós não vemos as coisas como elas são, nós vemos as coisas como nós somos.

A diferença entre realidade e perspetiva é, por vezes, pouco percetível. Porque estamos tão habituados a ver tudo de uma maneira, torna-se complicado tentar pensar quase como se nos desligássemos de quem somos. Há, no entanto, várias formas de ver a mesma coisa, já que o que nos rodeia não é uma imagem nítida e estática.

Cada um de nós vê aquilo que previamente está mais predisposto a notar. Somos influenciados pelo nosso passado e experiências que tivemos, quando olhamos para qualquer coisa. Porém, somos ainda mais sugestionados pela maneira como pensamos, a mentalidade que temos e os nossos valores (ainda que, muitas vezes, inconscientemente). E sabemos que tudo isso influencia a nossa perceção.

Pode parecer rebuscado, já que quem olha para um computador, vê isso mesmo: um computador. Não importa o seu passado, nem os seus ideais de futuro, muito menos a sua mentalidade, mas a maneira como perceciona o uso desse computador já é totalmente diferente.

Mais ainda do que perceções sobre objetos, é importante percebermos como estes moldes pré-construídos com que olhamos o mundo são de extrema importância e podem definir a nossa vida quando aplicados a situações.

Ao olharmos de uma maneira mais positiva para o que nos rodeia, focarmo-nos nos nossos objetivos (percebendo o potencial e a importância que temos) e aliarmos ação a esta mentalidade, acabamos por atrair tudo isso para a nossa vida. E atraímo-lo por uma razão muito simples. Porque inconscientemente procuramos as oportunidades que estão em sintonia com os nossos objetivos e com a nossa mentalidade, seja algo de bom ou de mau.

Todavia, nem sempre tudo corre bem. E nesses casos, como vamos olhar para a situação de uma forma positiva? Por vezes, é complicado e nem sempre estamos dispostos a fazê-lo, mas tentar encontrar sempre algo de bom numa situação (nem que seja por não ter sido pior) é um passo para ser feliz. Assim, a maneira como vivemos, felizes ou infelizes, depende mais daquilo que somos, o que acreditamos e a maneira como olhamos para o exterior, do que propriamente o ambiente em que vivemos. As pessoas são felizes na medida em que decidem sê-lo. Ainda que muitas vezes culpemos as situações à nossa volta pela maneira como estamos e nos sentimos, é a maneira como reagimos que dita a nossa felicidade.

A verdade é que podemos mudar o mundo pela forma como o vemos, mas, ainda mais importante, podemos mudar a pessoa que somos, se escolhermos olhar para o que nos rodeia de outra forma. Se nos focarmos no que há de bom, naquilo que aprendemos quando erramos ou algo mau acontece, na maneira como vamos melhorar daí para a frente, em vez daquilo que perdemos, toda a perceção muda. No final, só ganhamos com esta forma de ver as situações. Efetivamente, nós refletimos a pessoa que somos no mundo que vemos ao nosso redor, e não são as circunstâncias da vida que nos definem, mas a maneira como decidimos reagir às mesmas.

Tags
Show More

Beatriz Guerra

Apaixonada por escrever, ler e viajar. Adoro ouvir histórias de vida e histórias de sucesso. Interesso-me, igualmente, por temas como: bem-estar e estilos de vida, desenvolvimento pessoal, viagens, cultura, idiomas e sociedade.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: