Saturday, Aug 19, 2017
HomeCrónicas“A Direita mais estúpida de todos os tempos”

“A Direita mais estúpida de todos os tempos”

1 –  Em conversa com um amigo meu sobre o actual panorama político do nosso país eis que a certa altura este me sai com esta frase: “A Direita mais estúpida de todos os tempos”

Admito que este tem a sua razão não obstante a terminologia utilizada seja algo grosseira. E não é por mero acaso que acabo a concordar com tal conclusão. Senão vejamos; esta mesma Direita afirma publicamente que quer dialogar com todas as forças políticas impondo ao mesmo tempo a sua visão neo liberal de um Portugal onde o Estado Social seja uma miragem.

Ao longo de 40 anos de Democracia o Bloco Central governou tendo como pilar fundamental da sua existência o Estado Social. Nos últimos 4 anos Pedro Passos Coelho, com o apoio de Paulo Portas, destruiu quase por completo este elo e agora a Direita quer que tudo decorra como se nada se tivesse sucedido?

2 – Outra patetice que tem sido repetida pela Direita na sua vã tentativa de sobreviver á sua própria morte prende-se com a questão da economia/finanças do Estado.

Diz esta que o nosso país não irá sobreviver à verdadeira repartição de sacrifícios que a Esquerda pretende implementar. Contudo se vamos pelo campo dos números temos de ”jogar com o baralho todo”. O mesmo é dizer que há que colocar em cima da mesa o facto de o défice Português ter disparado ao longo dos últimos 4 anos em que a Direita esteve no Poder. Assim como também não podemos deixar de notar que o que hoje na economia/finanças é verdade, amanhã pode muito bem vir a ser mentira.

Vou recorrer a um exemplo para se perceber onde quero chegar. Nas previsões económicas de outono, divulgadas a semana passada, Bruxelas antecipou um défice de 3% para Portugal. Um valor ligeiramente abaixo dos 3,1% previstos na primavera. Isto porque a Comissão espera que a receita dos impostos indirectos aumente ainda mais devido ao maior consumo, ao passo que a despesa com o desemprego deverá ser mais baixa do que o esperado, devido à melhoria do mercado de trabalho.

Agora imaginemos que o consumo não aumenta como a Comissão tinha previsto e que o desemprego volta a subir. Que vai acontecer? Um enorme rombo nas contas públicas! Mas a Direita tem andado nos últimos 15 dias a apregoar que somente com a Esquerda no Poder é que haverá cenários catastróficos para o nosso país…

3 – Ainda dentro da temática aproveito para trazer à colação a “ponta da lança” da Direita Portuguesa. A “cereja no topo do bolo” que tem estado a ser cozinhado em lume brando num forno de nome Comunicação Social.

Na semana passada noticiou o Semanário Expresso que existem “100 empresários preocupados com “incerteza política” e com Governo apoiado no BE e PCP”.

100 votos (penso eu  que na PàF) que não querem que a Democracia siga o seu normal e legal rumo. Razão para tal? Não sei mas posso especular que seja pelo facto de a tal de “recuperação económica”  (se é que houve alguma) ter sido feita ao longo dos últimos 4 anos à custa de cortes no Estado Social, Função Pública, Pensões e patrocínio Estadual da precariedade no trabalho.

Para mais entre estes 100 Empresários estão aqueles que vivem e sobrevivem à custa dos “subsídios” e necessárias extravagâncias do Estado Português.

Mas o mais engraçado é que este manifesto critica um possível Governo de Esquerda sem sequer saber qual a sua base programática para a economia/finanças.

Realmente um Governo de Esquerda assusta muita gente. Talvez porque a estupidez tenha mesmo tomado conta da ala Direita da nossa Democracia.

4 – Uma última nota sobre o sucedido no Algarve. Primeiro acontece uma desgraça numa região do país que vive do Turismo e que acolhe milhares de Turistas ao longo do ano.

Agora ficamos todos a saber que na zona de Albufeira onde as cheias provocaram maiores estragos existe uma ribeira e que se construiu por cima desta.

E como se não bastasse ficamos também a saber que por debaixo desta construção existem comportas que não foram accionadas a tempo porque a Câmara Municipal de Albufeira diz não ter sido avisada pela Protecção Civil e pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera sobre o real índice de pluviosidade. Por seu turno a Protecção civil diz ter avisado o Município em causa a tempo e horas e ter agido a tempo e horas conforme todas as suas competências.

No meio de tudo isto temos o Ministério da Administração Interna a cumprir a penitência do silêncio total pela morte de um Apóstolo de Deus e o Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia a contar o quanto arrecadou com o imposto dos sacos de plásticos.

Temos ou não temos “A Direita mais estúpida de todos os tempos”?

Cat Power – Disco
SPECTRE

pedrosilva2978@gmail.com

"É preciso provocar sistematicamente confusão. Isso promove a criatividade. Tudo aquilo que é contraditório gera vida." (Salvador Dalí) Crítico, opinativo e com mente aberta. É isto que caracteriza um Cronista.

Rate This Article:
NO COMMENTS

LEAVE A COMMENT