Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Bem-EstarLifestyle

A cura que chamamos de leveza

Há, de facto, uma necessidade crescente de leveza. O Mundo tornou-se numa espécie de bomba-relógio, prestes a eclodir. E nós, seres habitantes deste mesmo Mundo, sentimos toda esta tensão que parece permanente.

As responsabilidades, as tarefas, mas acima de tudo, acredito que a necessidade de perfeição, tornam esta bomba-relógio mais notória e densa.

Tudo tem de ser perfeito. Todos temos de ser perfeitos. Temos de estar perfeitos e temos de parecer perfeitos. Ainda que, muitas vezes, tudo esteja num caco. E, não foi o Mundo que assim o solicitou. A própria sociedade, que se diz evoluída, é que caiu num retrocesso que tem cara de avanço. Exigindo algo que não é possível. A perfeição.

Temos o melhor carro, a melhor casa, o melhor telemóvel – mas não temos a melhor pessoa. Temos o melhor casamento, a melhor lua de mel, o melhor filho – mas não temos o melhor sonho – que é o nosso e não o de mais ninguém.

Temos mais do que o que somos e aí cai-nos nas costas todo um peso que parece deste e de outro mundo. Acredito que o segredo esteja em sermos mais do que o que temos. Sermos mais nós. Errar e acertar e não ter dúvidas de que a leveza pode entrar no nosso mundo.

A leveza de sabermos dizer um não, quando nos apetece. A leveza de partilhar o cabelo despenteado e a cara deslavada. A leveza de uma boa conversa, sem a necessidade de uma boa foto. A leveza de chá, sem ter de parecer café. A leveza de um colo e um mimo. A leveza de um sorriso.

Aprender a ser criança e de toda a leveza que elas levam na vida. Tirar a mochila dos ombros e dar uma parada no caminho, é trazer leveza a esta caminhada. É tornar o nosso mundo sustentável e possível de continuar sem tanto peso. E tudo, tudo mesmo, é uma questão de treino e vontade.

Tudo leva o seu tempo a transformar-se. Tudo tem os seus momentos altos e os seus momentos baixos. E todos temos o nosso mundo que se quer melhor a cada dia. Com as suas imperfeições e possibilidades de melhoria. E, depende de cada um, melhorar o seu mundo e ajudar o mundo dos mais próximos. Para que no final, o Mundo, de todos nós, esteja mais leve, mais feliz e sorridente.

Tags

Carla Carvalho

Ler e escrever são a minha perdição :) Desenvolvimento pessoal, parentalidade consciente, alimentação saudável e consciente, a prática de exercício físico e tudo o que ajude a tornar a Vida mais simples e fluída são as minhas áreas de eleição :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to top button

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: