Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CrónicasLifestyleModa

A Crónica da Lili: Especial #FashionMonth

Caras e caros leitores, sejam bem-vindos à Crónica da Lili de setembro. Com as minhas 20 malas a serem carregadas pelos meus amáveis Ambrósios e o meu ar de diva no seu maior esplendor, viajei até às quatro grandes semanas de moda do mundo: Nova Iorque, Londres, Milão e Paris. Estive “tu cá, tu lá” com a Anna Wintour, fui convidada para ir ao desfile da Chanel e lanchei com a Aimee Song. Very casual, you know? Sim, isto acabou de ser inventado por mim, porque eu gosto de sonhar. E sonhar faz tão bem. Quem sabe um dia, quem sabe. A crónica deste mês é especial. Vou falar-vos sobre os acontecimentos que marcaram o #FashionMonth. Escolhi dois designers por cada semana de moda para esmiuçar até ao mais ínfimo pormenor. Check in feito, passageiros nos seus lugares e cintos postos. Está tudo pronto para levantarmos voo na companhia Lili Airlines.

Semana de moda de Nova Iorque (#NYFW)

Nova Iorque é a primeira paragem no circuito das quatro principais semanas de moda. De 6 a 14 de setembro, a Big Apple viveu intensamente uma farfúncia de desfiles, apresentações e festas.

Foi durante esta edição da #NYFW que o conceituado designer americano Ralph Lauren festejou 50 anos de carreira. A celebração foi assinalada com o lançamento de uma nova coleção que não fugiu ao toque clássico que a marca nos tem habituado. Ralph Lauren é uma personalidade querida das vedetas e, por isso, na primeira fila marcaram presença Steven Spielberg, Martha Stewart, Hillary Clinton, Robert De Niro, Kanye West, entre outros. É claro que lançar uma coleção não basta para se celebrarem 50 anos de profissão. Dar ao dente e confraternizar também é essencial. À noite foi organizado um jantar cheio de classe, que envolveu pratos confeccionados por chefes de renome.

Ralph Lauren S/S 19

Rihanna, o ser humano pelo qual deliramos a todo o momento, fechou a semana de moda nova-iorquina como deve ser fechada: ao mais alto nível. A cantora apresentou pela primeira vez em passarela a linha de lingerie Savage X Fenty, num cenário que nos teletransporta até ao jardim do Éden. A diversidade das modelos e a mensagem de empoderamento feminino foi o que tornou este desfile tão único e tão especial. A manequim Slick Woods, ao desfilar grávida com uma das mais sensuais peças de lingerie, protagonizou um dos momentos mais falados da noite. Well done, Rihanna.

Savage x Fenty S/S 19

Semana de Moda de Londres (#LFW)

Durante 8 dias, a capital inglesa viveu intensamente todas as emoções que uma semana de moda tem para dar.

O primeiro desfile do estilista italiano Riccardo Tisci para a icónica marca britânica Burberry foi um dos acontecimentos que mais suspense criou. Será que ele continuou com a mesma linha criativa? Sim. Será que ele inovou? Sim. Será que ele imprimiu o seu estilo pessoal na marca? Sim. Ricardo Tisci fez tudo isto e muito mais. Os tons beges e o tradicional tailoring dividiram o spotlight com minissaias e versões descontraídas do já habitual trench coat. É um novo começo para a marca queridinha dos britânicos.

Burberry S/S 19

Victoria Beckham (VB) celebrou 10 anos de carreira. Uma década cheia de conquistas que fez com que ela se emancipasse não como mulher de um dos maiores jogadores de futebol do mundo, mas como uma mulher capaz de criar e gerir a sua própria casa de moda. Para celebrar o seu percurso profissional, Vitoria Beckham lançou, pela primeira vez em Londres, a colecção para a temporada mais quente. Com uma forte inspiração na década de 90, o que me saltou à vista foram os vestidos com alças sobrepostas em t-shirts. Bem à Spice Girls, né? Numa parceria com a Vogue UK, VB organizou uma after party que envolveu muita dança, música e diversão. I wish I was there.

Victoria Beckham S/S 19

Semana de Moda de Milão (#MFW)

Depois de Londres, vamos até ao sul da Europa, mais precisamente a Milão. A #MFW é a semana de moda mais incomum e ecológica de todas as quatro semanas de moda. Versace, Dolce & Gabbana, Armani, Fendi e Cavalli são alguns dos nomes mais sonantes da moda italiana que mostraram as propostas para a próxima temporada.

Miuccia Prada voltou a afirmar o ADN clássico da sua marca, mas procurou adaptar-se às transformações do tempo. Para a primavera/verão misturou silhuetas atléticas e delicadas ao mesmo tempo. Os calções bicicleta e os vestidos com saia em forma de A já estão na minha wishlist.

Prada S/S 19

Que levante a coroa quem nunca desejou espalhar charme com um vestido da Versace. É um sonho idílico que nos é passado de geração em geração. Donatella apresentou-nos propostas arrojadas e que prezam por uma atitude mais descontraída. Bella Hadid desfilou na passarela com um vestido curto e uns ténis. Uma combinação que há uns anos atrás era impensável. Estamos numa época em que a diversidade é o que está a dar. Versace sabe disso e aderiu à tendência, levando até à runway modelos de várias faixas etárias. Já dizia Bruno Mars: “Versace on the floor, take it all for me, for me, for me, now girl.”

Versace S/S 19

Semana de Moda de Paris (#PFW)

Paris é o último destino do roteiro do #FashionMonth. À cidade do amor chegaram celebridades, profissionais da indústria e influencers de todo o mundo para assistirem aos desfiles dos designers que decidiram apresentar as suas coleções na capital francesa.

O primeiro dia foi marcado pelo desfile da casa Dior. Maria Garzia Churi inspirou-se nos movimentos do corpo feminino para a criação da nova coleção. À medida que as modelos pisavam a passarela, os bailarinos executavam, ao mesmo tempo, uma coreografia de dança. Foi um momento mágico ao som de coordenados compostos por cores sóbria, como o nude, o branco, o preto e alguns apontamentos em verde e azul.

Dior S/S 2019

A moda tem como missão fazer-nos felizes, mas nem tudo é um mar de rosas. Já sabem do que vou falar, não sabem? É de Hedi Sliman, o nome que mais tinta tem feito correr. Com a chegada do designer francês à casa Celine, as mudanças começaram a sentir-se. Primeiro, deixou-se Celine mais despida com o retirar Do acento ortográfico na letra “e”. R.I.P Céline, welcome Celine. Depois, Hedi alterou por completo o estilo clássico e minimalista das peças da marca, optando por uma linha mais sombria, onde o preto é a cor dominante. Quem não ficou nada contente com esta mudança foram os fãs da antiga “Céline”. Já corre por aí o movimento #firehedisliman. Vamos esperar pelas cenas dos próximos capítulos.

Celine S/S 19

E dou por terminada a minha análise ao #FashionMonth. No passado fim de semana, estive presente na ModaLisboa Multiplex. Podem contar com mais uma crónica inteiramente ligada aos desfiles da primavera/verão 2019. Goodbye, au revoir, addio.

Xoxo,
Lili

Show More

Liliana Pedro

Estudante de jornalismo, fashion lover e sonhadora nas horas vagas. "Tudo é considerado impossível até acontecer" - Nelson Mandela

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: