Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Bem-Estar

A beleza do (des) contentamento

Estás contente com a tua vida ou, por outro lado, és infeliz?

Será que estás de coração aberto para tudo o que chegar a ti ou resistes às mudanças o mais que puderes?

A moeda do (des) contentamento tem 2 faces. Sempre.

Se estás descontente, talvez esperas que a moeda volte sozinha, mas pergunto-te: como podes esperar resultados diferentes se insistes em fazer sempre as mesmas coisas e da mesma maneira? O custo/beneficio de permaneceres o mesmo, inerte e passivo, será muito maior e mais pesado do que o custo que irás pagar pela mudança. É que a mudança vai acontecer de qualquer maneira, a única coisa que podes decidir é se a fazes por ti ou se o universo te vai obrigar. Então, porque é que te acomodas? Porque não expandes a tua zona de conforto?

Às vezes, é bom vivermos na nossa zona de conforto, mas nada, nem ninguém, te deve impedir de encontrar a alegria nos pequenos recomeços, nas pequenas mudanças. Se encontramos felicidade nas pequenas coisas, acabamos por ser felizes nas maiores. A vida é a soma de todos os momentos e sentimentos que guardas. E estares contente  não impede de quereres mais e melhor. O universo é o limite.

Acredito que o segredo é conseguir equilibrar a moeda de maneira que ambas as faces estejam visíveis. Pois, afinal de contas, ninguém é feliz a toda a hora e a todo o instante. As pessoas de bem com a vida também são desafiadas. Têm momentos em que também a moeda rola, sem parar, momentos em que ninguém sabe para que lado é que vai cair. A diferença, é que uma pessoa contente e agradecida com a vida, muda o jogo e ultrapassar um desafio contente com a vida é bem mais fácil do que o descontentamento de um coração infeliz. Não achas?

Andreia Ferreira

Sou inspirada pelo mundo. Tenho a forte crença que tudo acontece no momento certo, que o mestre aparece quando o aluno está preparado e que por detrás de cada contrariedade há sempre uma oportunidade para aprender alguma coisa. A sincronização do universo é das coisas que mais me fascina por isso, estejam atentos ao que o universo vos leva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: