Bem-EstarLifestyle

2014: Reequilibrar para transformar

Mais um ano está a terminar e um novo ciclo está prestes a iniciar-se. Este ano que passou foi duro e cheio de desafios, levou-nos a grandes mudanças nas nossas vidas e pediu-nos um grande esforço de transformação pessoal. 2013 foi, fundamentalmente, um ano de escolhas profundas, que agora, neste novo ciclo que se aproxima, precisa de se ajustar e reequilibrar a uma nova realidade, que, na verdade, é global.

Depois de tão fortes modificações que este ano nos trouxe, é preciso reaprender a crescer e a evoluir, a ajustar individual e colectivamente a uma nova realidade, sem resignação ou derrotismo, mas sim compreendendo o verdadeiro desafio que o Universo nos coloca, enquanto seres e parte da sociedade. Desta forma, olhar os tempos que correm, nomeadamente este próximo ano, com uma visão diferente, é, sem dúvida, um exercício interessante e que nos pode auxiliar a preparar-nos para o desafio dos próximos meses.

Astrologicamente, este novo ano que se aproxima será regido pela energia do planeta Júpiter. O deus dos deuses traz-nos um ano de expansão e prosperidade, sempre baseadas na sua soberana e sábia justiça. Júpiter é o maior planeta do sistema solar, representando o poder social e, embora nos traga riqueza e crescimento, ele também pede-nos para compreendermos o que realmente é isso. Ele pede-nos fé e entrega ao que realmente acreditamos, pois só de coração aberto poderemos receber as suas bênçãos.

Nos últimos anos, assistimos, no mundo inteiro, a quebras fortes na economia e na riqueza global. Mesmo os países mais ricos vivem hoje períodos de maior contenção, pois a crise que se instalou desde 2008 (ano em que Plutão entrou no signo de Capricórnio) tem afectado todos, sem excepção. O que tem sido pedido ao mundo inteiro, através dos desafios que cada um de nós tem passado, é que revejam e repensem muitos dos seus conceitos, nomeadamente em termos materiais e sociais. Com a entrada de Plutão em Capricórnio, o poder e as estruturas sociais mundiais começaram a ser revistas e purificadas, o que está podre começou a vir ao de cima e as clivagens sociais tornam-se cada vez mais pesadas e evidentes. O objectivo principal? Reajustar a sociedade, auxiliando-a a que seja mais justa e reequilibrada, sem, claro, retirar o mérito a quem luta pela sua própria evolução.

Neste contexto, com a regência de Júpiter, não só nos é dado um período para “assentar a poeira” das últimas demolições, como também para poder rever e preparar-nos para os próximos desafios. Júpiter está (e ainda estará durante grande parte do ano) no signo de Caranguejo, onde se sente muito confortável, e só a meio do ano entrará em Leão, beneficiando os nativos deste signo e as áreas de vida que são influenciadas por si. Esotericamente, a expansão e a fé de Júpiter vão passar do Útero de Caranguejo para a Centelha Divina do Leão, o que nos influencia a maturarmos um pouco os nossos processos, as nossas ideias, alimentando-as com a nossa energia, como uma criança dentro da barriga da mãe, preparando-nos para trazê-los à Luz no segundo semestre do próximo ano. A força das emoções terá de dar lugar, com fé e entrega, à acção e à materialização, com humildade e sinceridade.

[Leonardo Mansinhos] - 2014 (2)Enquanto Júpiter, o regente de 2014, faz o seu trabalho, Saturno, planeta que nos relembra que todos os processos têm um tempo, que tudo tem uma ordem e uma estrutura e que não podemos nunca esquecer-nos disso, ao fazer o seu percurso pelo signo de Escorpião, alerta-nos para o facto de que é preciso purificar o nosso interior e as nossas intenções, cada dia mais, eliminando aquilo que é supérfluo e voltando à nossa essência. Olhemos à nossa volta, não é isso que tem acontecido nos últimos anos, onde muitos de nós tivémos de mudar hábitos que estavam enraizados? Não é a falta de dinheiro que tem obrigado a uma maior união entre as pessoas, a uma maior atenção dos pais sobre as crianças, que nas últimas duas décadas foram fortemente depositadas e recompensadas com presentes caros e “ostracizantes” jogos de vídeo? Os movimentos astrológicos dos últimos anos têm-nos relembrado que devemos reconectar-nos com o amor e com a humanidade, pois é isso que faz com que sejamos seres espirituais.

É isso também que um olhar do Tarot, com o auxílio da Numerologia, sobre a energia de 2014 nos mostra. Se somarmos os algarismos do ano, compreendemos que estamos perante um ano de número 7, esse número mágico e especial, de vitória, de união entre a matéria e o espírito e a sua evolução, demonstrando que este ano que se aproxima, tal como já foi referido, é um ano para puxar da nossa força e ambicionar a vitória sobre os nossos desafios. Por muito grandes que sejam os desafios, é uma atitude vitoriosa sobre as dificuldades, com a fé e a esperança que nos estarão a ser solicitadas, que permitirá a cada um de nós poder subir em nível de consciência e evoluir. A carta VII  – O Carro, dá-nos exactamente essa mesma energia, demonstrando-nos que é com determinação e consciência que podemos vencer sobre os factores adversos.

Contudo, o Tarot dá-nos outra dica sobre este ano. Ao separarmos o ano em dois números, 20 e 14, obtemos duas energias que estarão a trabalhar em conjunto. O 20, indicativo da energia do século XXI, é representado pela carta XX – O Julgamento, que nos pede renascimento e resgate da nossa essência enquanto seres humanos, relembrando-nos daquilo que nos liga, o Amor profundo e incondicional, e que, como dizia o Mestre, enquanto houver um ser que não esteja em liberdade, nós próprios não podemos ser livres. Por outro lado e em conexão com esta energia, temos a energia do 14, a carta XIV – A Temperança, que nos pede que olhemos a energia das coisas menos boas que têm sucedido e que temos vindo a cortar nas nossas vidas como combustível para a transformação que cada um de nós pretende obter! É assim o tempo de parar com as lamúrias, com os medos e com a vitimização e transformar tudo isso em dinâmica, alegria, amor e esperança, um verdadeiro processo de alquimia do nosso Ser para encontrar a essência divina que está em cada um de nós!

Há, contudo, uma mensagem forte e primordial em tudo isto, não só neste ano como sempre, que é o do Amor. Podemos ter todos os objectivos e todos os propósitos, inúmeros projectos e ideias, mas se não acreditarmos em nós, nas nossas capacidades, se não nos amarmos verdadeiramente, de corpo e alma, e aceitarmo-nos como realmente somos, nada se justifica, pois o Universo é perfeito e ele devolve-nos exactamente na mesma proporção que nós damos. Neste ano de 2014, sem dúvida, esta será a grande regra e a grande Lei.

Por isso, neste novo ano lembre-se de dar tudo aquilo que quer receber, sem medo e sem receio, libertando-se dos sentimentos negativos, das mágoas e dos rancores antigos, de tudo aquilo que ainda o prende, pois é exactamente nesta frequência que poderá crescer, evoluir e atingir todos os seus objectivos. Um excelente ano novo!

Tags
Show More

Leonardo Mansinhos

Nasci em Lisboa em 1980 sob o signo de Virgem e com Ascendente Capricórnio. Quando era pequeno descobri uma paixão por música, livros e por escrever. Licenciei-me em Organização e Gestão de Empresas pelo ISCTE e trabalhei durante quase uma década nas áreas de comércio, gestão e, principalmente, Marketing, mas desde muito cedo interessei-me pelo desenvolvimento espiritual. Comecei como autodidacta há mais de uma década em diversos temas esotéricos, nomeadamente em Astrologia, e, mais tarde, descobri no Tarot uma verdadeira paixão. Hoje dedico-me a esta paixão através das consultas de Tarot e Astrologia, assim como de formação, palestras e artigos nas mesmas áreas. Em 2009 co-fundei a Sopro d’Alma, um espaço de terapias holísticas e complementares, dedicado ao ser humano e onde dou as minhas consultas, cursos e palestras. Procuro, acima de tudo, ser um Ser todos os dias melhor, pondo-me ao serviço da sociedade através de tudo o que sou.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: